domingo, 5 de fevereiro de 2012

Have a lighter?



Poucas são as frases que tanta variedade de aplicações encontram na vida, para se poderem conjugar de forma tão perfeita, esta será uma delas: Keep it simple!
Para mim ela traduz toda a perfeição do funcionamento do Zippo, ícone incontornável desde há décadas, dos hábitos dos fumadores, roubando para si todo o protagonismo ao cigarro, cigarrilha e ou charuto.

Será o prestigio? A aparência? A qualidade? A simplicidade? Uma moda não será apenas, pelas já décadas de existência no mercado, mas então o que fará continuar este a ser um dos maiores sucessos mundiais de sempre?
Eu que sou um orgulhoso dono de um, não sei realçar apenas um motivo.
Para mim é tudo, é a qualidade, é a simplicidade, é a beleza, é o toque, é o som, dá-me um especial prazer andar com ele, mesmo que por vezes não o utilize, pois não sou fumador assíduo.
Eu sei que não tem grande nexo esta questão, mas eu sou assim, um homem de paixões, este foi mesmo isso o que aconteceu, uma paixão que surgiu de um namoro de algum tempo e que assim já dura há anos.

Mas falo nisso hoje porque foi dia de limpezas...
Como já referi, possuo uma réplica do modelo de 1941, para mim com um significado extra por isso mesmo, pois é em tudo igual ao modelo usado pelas tropas americanas durante a Segunda Grande Guerra.
Portanto hoje comprei a “wick”, ou para quem não sabe é o “pavio”, que o Zippo usa para trazer o combustível até à “pedra de toque”.
Pois, o meu Zippo andava como muito Português ultimamente, ou seja com o “pavio curto” portanto tinha que o substituir, de modo que aproveitei o facto de ter que o desmontar na integra, fazendo assim uma limpeza daquelas que mete banho e tudo mais...

Assim foi, munido com paciência, água com sabão, cotonetes, papel absorvente e secador de cabelo, que o lavei, limpei minuciosamente de toda a fuligem acumulada com as cotonetes, sequei com o papel e em seguida com o secador, restaurando uma vez mais todo o seu esplendor.
Para de seguida voltar a montar, colocando já a nova “wick”, bem como todo o algodão que armazena o combustível.
Resultado? Perfeição! Abençoado génio, criador de tal engenho. Got to love it!


Fox

1 comentário: