quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Good movie? Hell yeah XII

Finally!!!

Liguem o som para acompanhar a leitura do post...



Hoje foi o dia!

The Hobbit!

Quebrei a rotina. O que nos últimos tempos é uma coisa rara, a necessidade assim o exigiu, eu cumpri como havia prometido. Então lá me aperaltei todo, nunca se sabe quando ou onde posso encontrar a minha "anima geminum", se bem que já desisti de tal demanda. Mas lá fui eu com a espetativa bem alta, depois dos três primeiros filmes e não sai desiludido. Uma vez mais uma obra de génio do Jackson, foram umas excelentes 3h de filme, bem agradáveis de passar, nem "dei" por mim sozinho. Recomendo a quem apreciar este genero de obra. Venha dai uma "porrada" de oscars e a sequela, se dia 22 ainda aqui estivermos...



Agora com licença, tenho que ir escrever a carta ao Pai Natal a encomendar uma Orcrist. Portei-me tão bem este ano...


Fox

28 comentários:

  1. Também quero ver! Estou cheia de inveja neste momento porque não posso ir ao cinema!

    Andar 150km com portagens não é uma opção neste momento....:(

    ResponderEliminar
  2. Porra! 150kms?! Mas vives em algum "buraco"? ;p
    Ainda que para o Hobbit não sei se não valia a pena fazer esses kms todos...
    Valeu bem a espera desde o último LOTR.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quase lol na cidade mais perto (60km) fechou o cinema e agora só em Lisboa...viver no Alentejo tem as suas vantagens e desvantagens :)

      Eliminar
    2. O cinema fechou? Deprimente, quando situações destas ocorrem, nem sei em que época vivemos nós. Enfim.
      Calma nessas bandas não te deve faltar, diria que até demais...

      Eliminar
  3. Também quero e vou ver, vai se breve...

    Rosa Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai que será por certo um serão muito bem passado. Especialmente nesta época, ainda que desconheça a razão, parece que ficamos com um espírito mais propicio a este género de filmes.

      Eliminar
    2. Deve ser o espírito Natalício que desperta em nós uma parte de fantasia...

      Já vi o filme :) fantástico mesmo, deixou-me curiosa à espera da próxima "ronda"...

      Rosa Maria

      Eliminar
    3. Talvez seja, por isso escolham esta quadra para a estreia de ambas as trilogias.
      Ah, mais uma "cliente" satisfeita. ;)

      Eliminar
  4. Quero ver se próxima semana o vejo, pena ter que o ver em francês, estraga mesmo tudo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, eu diria que até em mandarim ficaria fabuloso de se ver, com uns tampões colocados nos ouvidos, claro está.
      Não entendo a razão pela qual se fazem dobragens nos filmes de adultos. Desvirtua todo o trabalho do ator original.
      Sê bem vinda, Samy. ;)

      Eliminar
    2. Odeio definitivamente que façam a dobragem dos filmes, mas aqui na Suíça é assim, por isso deixei de ver completamente televisão, tudo é dobrado.
      Vá, pensando positivamente, melhoro o meu francês :)

      Eliminar
    3. Tudo é dobrado?!
      Isso assim é muito aborrecido.

      Eliminar
    4. Sim, tudo é dobrado, séries, filmes, documentários e etc, seja na parte francesa, alemã ou italiana. E os poucos cinemas que existem com o filme na língua original, tem ao mesmo tempo as legendas em francês e alemão e só dão 1 ou 2 vezes por dia no máximo.

      Eliminar
    5. Isso é que é um absurdo controlo nacionalista dos produtos de entretenimento.
      Não acho que seja interessante sob nenhum pretexto.

      Eliminar
    6. Eu que sou completamente adepta do filme na língua original, odeio isso, a única vantagem que tenho é mesmo que vou sempre melhorando o meu francês. Mas de resto é horrível, tal como os preços dos bilhetes, 19fr, mas pronto como toda a gente diz, aqui ganha-se mais.

      Eliminar
    7. Para melhorares o francês falas com pessoas no dia a dia... ;) Bem mais interessante do que as dobragens.
      19fr?! Isso dá ai uns 15€ não é? Puxa! E eu a queixar-me do que aqui pago...

      Eliminar
  5. Pois e eu tento fazer isso e foi assim que melhorei o meu francês, juntamente com um curso, mas às vezes mais parece que estou em Portugal ou em qualquer sítio menos na Suíça francesa. Um simples exemplo, trabalho num restaurante, aonde os patrões são italianos, o cozinheiro é italiano, as empregadas do serviço são ambas portuguesas e o rapaz que faz pizzas é turco, que é a única pessoa com quem acabo por falar francês.
    Dá mais ou menos isso em euros, é bastante caro, mas como adoro ir ao cinema, lá vou pagando. É como as pipocas tão caras que até dói e em muito dos cinemas nem têm pipocas doces, porque aqui comem principalmente salgadas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A multiculturalidade por ai é abundante...
      De facto é caro mas vocês ai ganham bem mais do que o normal português. Nós somos o novo povo "chinês" da Europa.

      Eliminar
    2. Acho que conto pelos dedos as pessoas verdadeiramente Suíças que conheci desde que aqui estou, pelo menos na rua aonde moro não existe nenhum suíço, nem português (felizmente), é tudo albaneses, excepto nós.
      Sim, ganhamos bem mais, mas também é tudo mais, mas bem mais caro, como bens alimentares, aonde é um absurdo ou um café que custa quase 4fr.

      Eliminar
    3. Ui logo eu que adoro café. Isso é imenso.

      Eliminar
    4. Ah e esqueci-me de acrescentar, café que sabe a água suja, é a pior coisa aqui na Suíça, o café, que tens que pedir expresso, se não tens direito a uma caneca de café. Sempre que chego a Portugal, primeira paragem é para beber café.

      Eliminar
    5. Qualidade é super fraca mesmo assim, já exprimentei todo o tipo de cafés aqui, nada de jeito, tudo muito soft. E quanto aos ordenados é verdade que se ganha bastante bem, mas só um estúdio aqui para alugar fica por 700fr e depois tens tudo e mais alguma coisa para pagar, desde o seguro da casa, maladie todos os meses, e etc

      Eliminar
    6. Mas a qualidade da Nespresso é standard.

      Eliminar
    7. Então sou eu que tenho má pontaria, porque eu ainda não apanhei aqui um único bom café.

      Eliminar
    8. Ora vê lá...

      http://www.nespresso.com/pt/pt

      Eliminar
  6. Sim, mas já em Portugal no meu trabalho tinha nespresso e não era grande fã, se calhar o defeito sou mesmo eu.

    ResponderEliminar