segunda-feira, 22 de abril de 2013

Clear

Pode o cristalino ser profundo?

Observamos a superfície sem nada ver. O encanto que a beleza da cor possui, captura-nos num perfeito êxtase  Leva o tempo a correr como areia entre dedos, sem pensamento algum trespassar a mente. Apenas o acontecimento sucede.

Olhar o olhar sem olhar o que olhamos.

Mas não deixamos de olhar, tentando encontrar o fim da profundidade que não existe.
No fim, apenas a cor é real.


Fox

2 comentários:

  1. O que é profundo não se vê , sente-se...

    Impera.Triz

    ResponderEliminar