segunda-feira, 6 de maio de 2013

Wild II


A natureza da veterinária não deixava lugar para relaxamento, todas as suas ordens eram realizadas com extremo rigor. Apenas com o Príncipe o assunto era diferente. A ele não podia dar ordens sendo ele o seu patrão, mas bem que lhe apetecia. Estava farta de homens sem garra e a forma como ele levava todos à obediência, deixava-a louca. Andava com umas ideias insanas acerca de descobrir o que se escondia por baixo daquelas tradicionais roupas árabes. Mas isso custar-lhe-ia o emprego e sabe-se lá o que mais.

Mas a vida possui desígnios estranhos que levam a encruzilhadas complexas. Assim, um dia o Príncipe chegou sem se anunciar e assustou-a, enquanto ela lavava um dos garanhões, causando um pequeno acidente com um balde de água. Com todo aquele calor, as únicas peças de roupa que ela envergava eram umas calças de montar bem justas e um polo branco que adelgaçava as suas belas curvas. Com a água espalhada sobre o polo, passou por instantes de veterinária apresentável a participante de um concurso miss t-shirt molhada…

Ela ficou constrangida. Ele ficou ainda mais. Ele observou com fogo no olhar, os bicos salientes dos formosos peitos que ela possuía. Ela observou com deleite o fogoso olhar que ele lhe lançava. Desculpas foram apresentadas com toda a cordialidade. De imediato o príncipe retirou a sua kafia e aproximou-se dela para lhe cobrir o peito. Foi a primeira vez que os seus olhos negros se aproximaram tanto dos verdes que ela exibia com exotismo.

O beijo foi inevitável, a proximidade convidava à união dos lábios. A natureza de ambos permitiu o resto. Depois deste primeiro contato o príncipe parecia selvagem. Envolveu-a nos seus braços com vigor, apertando-a contra si sentiu as suas roupas molhadas. Ela não parou, não conseguia abandonar o êxtase que sentia a galopar no seu íntimo. Com pequenos passos foi andando para trás em direção a uma das baias, puxando consigo o príncipe. Ela puxou-o para dentro. Ele fechou a porta. Estavam escudados de olhares alheios…


Fox

Sem comentários:

Enviar um comentário