quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Hug


A nossa natureza insatisfeita leva-nos sempre a desejar mais e mais e mais. Mesmo em alturas que precisamos menos, menos e menos. 

Embaciados com as ilusões que nos rodeiam, não vemos a simplicidade que esta vida representa. No final, o sofrimento chega e abre-nos os olhos da pior forma. Mostra a todo e qualquer um, que o que é realmente preciso são aquelas pequenas coisas que nos colocam um sorriso nos lábios e um aconchego no coração.

Que nunca então nos esqueçamos do que realmente importa e saibamos dar valor ao pouco de que precisamos.

Deixo-te um abraço. A ti.


Fox

6 comentários:

  1. A felicidade faz-se presente todos os dias por pequenos gestos...
    Transmitir emoções é tocar na alma da outra pessoa
    É proporcionar vida
    É soltar alegria e choro
    É mostrar que a existência supera o dia-a-dia
    É provocar atitudes desmedidas e pouco racionais
    É indicar que entre o preto e o branco existe o arco-íris
    É dar a mão e sentir carinho
    É abraçar e sentir tranquilidade...

    Um abraço para ti :)

    Andorinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem, Andorinha. Temos por ai muita inspiração...

      Eliminar
  2. Estas palavras são uma bela chapada para eu acordar. Hoje, é um belo dia para receber e interpretar cada caractere. Obrigado sóce :)

    ResponderEliminar
  3. É nas pequenas coisas da vida que está a felicidade, não é no dinheiro, não é nos bens materiais é naquelas coisas que por vezes durante o nosso quotidiano não damos valor, mas na hora do aperto sabemos valorizar e é o que nos ajuda a ultrapassar os maus momentos da vida.
    Obrigado pelas palavras, umas palavras destas são sempre boas para nos apercebermos de algumas coisas e nos fazer acordar para a vida. ;)
    Um abraço e beijo. Para ti. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente é verdade, Ana Pereira. Nas horas de aperto valorizamos a simplicidade das pequenas coisas da vida.
      Um abraço para ti também.

      Eliminar