domingo, 29 de setembro de 2013

Our day



Que dia é hoje?

É o nosso. Isso mesmo. De todos aqueles que escolhem (ou não) estar sozinhos. Não é melhor, não é pior, é diferente.

Quem estiver sozinha que levante o dedo...


Fox

sábado, 28 de setembro de 2013

Gamble



Por estar cansado de procurar

Por estar farto de falar sozinho

Por estar saudoso de um sorriso

Por estar cheio de desilusões

Talvez tenha chegado a hora de alterar as regras do jogo e ver o que sai nesta jogada. A aposta é mínima ou mesmo nula, o ganho pode ser igual, pouco melhor ou então um jackpot. Diria que neste caso em específico, as hipóteses de ganho são atractivas. Resta apenas esperar e descobrir. Shiuuuu é segredo...


Fox


segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Phone


Por vezes fico atónito com o comportamento de alguns humanos. Se o que mais procuramos for o contato e interação com outros das nossa espécie, por que razão quando se junta um grupos de pessoas num ritual de conversação, sacam todos dos seus telemóveis e ninguém fala com ninguém?!

Perante a oportunidade de interagir socialmente com os amigos e conhecidos, optam por se colocar atrás do visor de ferramentas tecnológicas? Mas que sociedade é esta? Que caminho levamos nós?

Presenciei este cenário lamentável num grupo de quatro casais, num qualquer sábado à noite. Sentaram-se, pegaram nos telemóveis e estiveram todos "ocupados" durante largos minutos. Todos cabisbaixos, sem vozes, sem risos, sem olhares. Deprimente.


Fox

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Shiuuuu.Friend



Que me dizem a esta iniciativa por partes dos responsáveis do Shiuuuu?


No meu entender, conhecer pessoas é sempre uma experiência fabulosa. É sempre um jogo de oportunidades e incontáveis possibilidades. No entanto, quando ocorre nem sempre estamos na mesma sintonia de onda, o que pode ser impedimento ao desenvolvimento de novas situações. 
Considerando que neste caso "correm" todas com a mesma finalidade, pergunto-me se através desta iniciativa encontrar-se-ão pessoas que se identifiquem de forma especial... 

Já agora alguém aqui vai concorrer?


Fox

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Good book III

Robinson Crusoe por Daniel Dafoe

Este titulo faz parte do lote de livros que todas as pessoas deviam ter oportunidade de ler uma vez na vida. Abraçar um livro é partir para um mundo da aventura fora da pesada realidade que nos rodeia. Nesta atribulada história de vida, uma tremenda aventura é delineada quase a régua e esquadro, por uma personagem dotada de grande capacidade mas com uma tremenda tendência para atrair tempestades e naufrágios...


Fox

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Never too hot


Em conversa com o C., acerca da bizarra situação que serviu de mote ao texto "Size, matter?!", chegamos à conclusão que em todos estes anos de relações, aventuras e desilusões, algo curioso se passou em todas elas... Nunca estivemos com nenhuma mulher que nos "roubasse o fôlego" na cama, ou seja, que fosse ardente o suficiente para nos deixar impressionados.

Visto isto, concluímos que ainda que tal se tenha sucedido, nunca condenamos ou afastamos nenhuma mulher por falhas nesse departamento. Tendo inclusive sempre tentado maximizar todas as nossas habilidades, por forma a fazer delas sempre o mais felizes que era possível.

Assim, verifica-se que conseguimos tolerar falhas quando "abraçamos" todo o ser. Pergunto-me se não é assim que deveria ser?


Fox


domingo, 15 de setembro de 2013

Feel

Dias existem em que a alma clama por aquilo que o corpo não recebe, mas que a mente mostra em difusas imagens quase sensoriais. 

Expande-se aquele desejo ardente em sentir...

A doçura de um olhar.
A suavidade de um toque. 
A humidade de um beijo.
A cumplicidade de um corpo.

A entrega sem receios ou fronteiras, sem tabus ou preocupações. Deixar cair a máscara e ser apenas quem se é. Nú e sem a proteção da armadura que diariamente escuda sentimentos e emoções. Esquecer a regência do tempo e saborear o momento pelo que é. Uma intrínseca partilha de sensações e emoções.


Fox

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Size, matter?!



Li e passo a citar: "Eu terminei com ele apenas por um motivo: o pénis dele era demasiado pequeno."

Que tempo são estes em que as mulheres nos descartam com base em juízos acerca de dimensões corporais?! Aspectos completamente fora do nosso controlo e sem possibilidade de alteração. Que é feito do sentimento, da atracção, da personalidade, das características individuais?

O rumo que as fêmeas desta geração levam, aponta para uma faceta completamente materialista e ausente de emoções. Escolhem-nos pelo extracto bancário, pelo carro, pela casa, pelo status, pelo tamanho...

Sinceramente começa a ser deprimente esta nossa posição na sociedade. Suspeito que devemos ter o "ritual de acasalamento" mais exigente de todo o reino animal! Quando apenas queremos encontrar o sentimento que nos faça sentir e levar a dar o melhor de nós mesmos.


Fox

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

City

Alguma sensação mágica e indescritível existe entre estas gigantescas paredes que me abraçam.
Uma aura eterna de encanto e romance está incrustada na brancura da pedra fria dos edifícios que longas décadas viram passar pela calçada. 
Por cima dos seus topos passam os raios do sol que me tocam a face, me aquecem o corpo e me iluminam a alma. 
Sentado num qualquer pedaço deste chão, inunda-me interiormente uma tranquilidade que me troca a palavra pela observação. 
Já tudo isto vi por inúmeras vezes, sem saturação ou cansaço possível de se abater sobre elas mais ainda as desejo ver.

Nestas ruas deambulo por deambular, sem rumo ou destino ter, apenas pelo prazer de aqui vaguear e a ela pertencer. 


Fox

sábado, 7 de setembro de 2013

Get out

Lembrei-me agora de um dia já bem distante no meu passado, no qual uma velha amiga me disse: "Pára de te meter na minha vida"...

Foram palavras irreflectidas, pronunciadas a quente numa situação de conflito, onde eu era o cavaleiro de armadura brilhante em socorro da donzela. Mas na vida real nem sempre o cavaleiro "ganha" o dia. Esta dama queria um alvo para canalizar a frustração que a situação lhe estava a causar e resolveu "atirar-me abaixo do cavalo".

Disse-lhe que levaria as suas palavras à letra e assim o fiz, afinal sou um homem de palavra. Naquele instante, 12 anos de amizade bastante próxima ficaram fechados, selados no passado. Nunca mais a procurei, nunca mais a vi, nunca mais lhe falei.

Agora uma amiga em comum veio-me contar que ele perguntou por mim e queria que essa amiga marcasse um encontro comigo para depois aparecer por lá a titulo de surpresa...

Como é que se pode entender as mulheres e as suas acções?!


Fox

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Far away

Vivemos dias de uma era profundamente comunicativa. "Hic et nunc". 

Conhecer alguém pode ser fabuloso. A semana que sucede o acontecimento pode ser fabulosa. A seguinte também. Mas depois tudo o que parece restar é apenas uma difusa lembrança. Conhecemos sem conhecer.

Agora queremos tudo no momento ou perdemos o interesse. Já não é como me lembro, como cresci a ter de fazer. O avanço tecnológico que nos suporta, impõe um gigantesco impulso para absorver tudo o que a pessoa é. Em poucos dias ficamos a par do que antigamente levaria meses a descobrir. Assim, em pouco tempo sentimos a ânsia abrandar, o assunto a vaguear, as perguntas a esgotarem-se... 

Talvez como nunca até agora, este velho provérbio de sabedoria popular tenha feito tanto sentido. 

"Longe da vista, longe do coração".


Fox

domingo, 1 de setembro de 2013

One down

Acho que posso dizer que me encontro feliz. Não por mim mas por ele.

Faz agora uma semana que o P. oficializou o namoro com a dita cuja. Não julguei que ele fosse facilmente apanhado nas malhas da paixão, será talvez aquele que menos valor dá às relações, no entanto, a persuasão feminina é difícil de enfrentar... 

Passa a ser menos um excelente homem no "mercado livre" e a nossa "wolfpack" já não é totalmente constituída por solteiros mas ainda assim é algo bom para o grupo. Se um está feliz, todos estão felizes. É toda uma nova fase para ele, novos dias, novas situações, novas experiências, novas descobertas...

Felicidades P.!


Fox