domingo, 20 de outubro de 2013

Good book V

Sexo sem tabus por Marta Crawford

Porque a instrução nunca pecou por excesso, nem ninguém nasce ensinado, é importante ler obras como esta. Passamos a vida a aprender imensos factos distintos, então por que não aprender sobre aquilo que une duas pessoas num laço profundo de intimidade? O sexo é saudável e deve em todo o seu esplendor ser falado, experimentado, melhorado. Não seria esta sociedade um local mais interessante para se estar se vivêssemos o sexo mais abertamente?


Fox

8 comentários:

  1. Boa tarde Fox.
    Durante a minha licenciatura li esse mesmo livro para uma cadeira aconselhado pela professora da disciplina. Nós abordamos o sexo como algo comum que é feito por 2 pessoas. Foi uma das disciplinas que mais gostei ao longo dos 4 anos. E essa mesma abordagem deu-me algum a vontade que não tinha anteriormente para falar sobre este tema com pessoas de diversas idades. Até que tive de expor o assunto depois diversas vezes durante o meu estágio com crianças e adolescentes. Atualmente eles sabem o que é sexo, sabem coisas mais do que eu poderia imaginar e do que eu, na altura com a idade deles, sabia. Mas não sabem a essência de uma relação sexual com outra pessoa que queiramos ter essa relação. Para eles sexo é banal e não uma intimidade que trocamos com alguém. No entanto, foi este livro que tirei ideias e formas de expor este tema que atualmente é muito falado mas muito mal abordado. ;)
    Achei interessante teres lido também.
    Continuação de bom domingo.
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um livro muito bom. Deveria ser de leitura obrigatória...
      Não sei se já se aperceberam mas se diz respeito a sexo estou logo em cima do acontecimento. :)

      Eliminar
    2. Sim já tinha percebido isso, em outros posts que fizeste.
      O sexo é algo que todo o ser humano faz, não é para mais que na teoria de enfermagem a Nancy Roper refere que "exprimir a sexualidade" é uma atividade de vida básica e que necessita de ser satisfeita.
      Como sou curiosa neste meio, acabei de ler a triologia Fifty Shades, porque toda a gente falava que eram 3 livros muitos bons, e neste aspeto da sexualidade devo dizer que está bem descrito. ;) O livro em si não tem nada de especial mas a forma de descrição da sexualidade gostei.

      Eliminar
    3. Mas atenção que tenho uma perspetiva muito minha acerca do sexo. Não o vejo como mera satisfação de um impulso animal...

      Esse nunca li mas confio no teu julgamento. Sinceramente não é muito a minha praia, esse enredo de controlar/ser controlado.

      Eliminar
    4. Oh confia no meu julgamento, muito bem. ;) É essa a parte do controle que eu até acho obsessivo que não gostei no livro, e a história em si, é um mero romance, o que me atraiu foi a parte da descrição dos atos, isso sim está mais ou menos.

      Eliminar
    5. Entendo. A descrição é de algum modo excitante... Agora entendo a razão pela qual as mulheres andaram tão eufóricas com os livros. :)

      Eliminar
  2. Eu tenho preferido livros em inglês para melhorar a lingua, visto que vou precisar muito dela daqui a um par de semanas, e como muitas pessoas me tinham dito para ler e na livraria quando peguei no livro vi que tinha uma linguagem mais ou menos facil de ser compreendida, resolvi comprar. Claro que a descrição é excitante e dá que pensar às vezes. ;) Mas o resto da história em si é muito "história de contos" se é que me percebe o que quero dizer do vai ele e vai ela.

    ResponderEliminar