terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Fresh start



Poucas horas nos distanciam de 2014. O tempo voa e quase nem nos apercebemos disso. É um ciclo que rapidamente se repete sem grandes modificações. No entanto, gosto de pensar que todos os dias 1 de Janeiro se afiguram como signo de um novo começo. 
Uma mera desculpa para tentarmos fazer algo diferente, independentemente da sua escala de grandiosidade.

Por isso desta vez vamos tentar fazer algo de diferente...

Feliz Ano Novo.


Fox

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Good movie? Hell yeah XVI


É um filme antigo. 
É um filme diferente.
É um filme inteligente.


Por tudo isto, é fabuloso.

Bem diferente do que normalmente estamos habituados a ver, não exige muitos atores ou complexos enredos que nos confundem e deixam na expectativa. A sua simplicidade é de tal ordem que nos leva a fazer a única coisa que realmente importa. Pensar na vida.


Fox

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Gift of happiness


Por vezes questiono-me acerca do que realmente representa o Natal para as pessoas. Se uma mera exposição de materialismo e consumismo desenfreado ou estima por valores emocionais e signo de aproximação familiar. Quando se chega a esta época do ano, gosto sempre de avaliar o comportamento que os outros apresentam comigo, pois a exposição dos seus comportamentos diz muito acerca das suas naturezas.

No final, caem as máscaras e vemos que entre muitos estamos sós. Daí nasce a convicção de que a felicidade nasce em nós mesmos e nunca na interação com terceiros. Quanto muito, esses podem amplificar aquela que criamos em nós mesmos.

Viver por nós e para nós. Partilhando um pouco com os poucos que nos estimam e rodeiam. Simples assim.


Fox

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Merry Christmas II



Demorou mas consegui!
Desenhei tal e qual uma criança de seis anos, mas isto de usar um rato não torna a tarefa nada simples.

Um dos dias mais esperados ao longo de todo o ano está quase aí, portanto será altura de desejar um Santo e Feliz Natal, a todas aquelas que perdem um pouco do seu tempo para ler as parvoíces que me saltam do intelecto. 

Espero que tenham uma época verdadeiramente natalícia com toda a magia que merecem.

Feliz Natal.


Fox

Good book IX


Colonel Chabert por Honoré de Balzac

Aprecio imenso a escrita de Balzac, é real, nua, crua e nela facilmente se encontram ensinamentos de altos valores e estimadas lições de moral. Nesta pequena obra, tomamos contacto com as desventuras de um homem que passa de reputado Coronel a perfeito desconhecido. Tudo devido a uma mulher. Realidade mais próxima da dos nossos dias seria impossível. A quem tenha despertado a curiosidade acerca dos sacrifícios que homens honrados fazem, aqui fica um bom exemplo a ser descoberto...


Fox

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Brunette

Quando me questionam acerca do conceito mais perfeito de beleza humana no feminino, não consigo deixar de imaginar a simples perfeição representativa da vulgarmente denominação de "morena".

Existe um qualquer encanto nesta dimensão de mulher que não consigo explicar de nenhuma forma através de palavras. A cor de pele, de cabelo, de olhos, os traços faciais, as curvas corporais, enfim, toda uma mistura de encantos simplesmente irresistíveis.

Para mim, claro. Mas ainda assim, quem não encontra deslumbre em qualquer uma destas belas mulheres?

Any brunette out there?


Fox


Amanda Peet

Marisa Tomei
Jennifer Connelly
Monica Belluci
Olivia Wilde
Elizabeth Hurley
Evangeline Lilly
Megan Fox
Adriana Lima





domingo, 15 de dezembro de 2013

Good movie? Hell yeah XIV



Ontem foi uma tarde dedicada à sétima arte.

Assim, fui juntamente com o C. para dentro de uma sala cheia de pessoas ávidas pela chegada da continuação da épica saga de Tolkien.
É sempre um prazer ver os trabalhos de Jackson mas devo dizer que desta vez esperava um pouco mais desta película. Tenho vindo a ser mal habituado e quero sempre melhor ou então esta demonstrou-se um pouco inferior à sua predecessora. Ainda assim foi um bom serão.

Devo dizer que as Elfo me agradam. Bastante.


Fox

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Who?


Eu sou "old school". Isso é mais do que ponto assente. Alguns comportamentos não adopto.

Gostaria que se possível, alguém me explicasse como é concebível adicionar pessoas no Facebook sem sequer se conhecer a pessoa que se adiciona. Não bastava que esse elemento de ligação se intitulasse de "amigo", ainda por cima ocorre inúmeras vezes com desconhecidos.

Muito educadamente envio uma mensagem a referir que vi o pedido e pergunto se já nos conhecemos. Resposta? Pois, não existe. WTF?!
Enviam-me um convite e nem se dignam a responder a uma mensagem? Que tempos são estes afinal? Cada vez mais compreendo o pensamento de Bauman.

Resultado, tenho imensos pedidos que não aceitei. Óbvio. No meu tempo levávamos isto a sério.


Fox

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Sex




Faz falta.

Faz muita falta.

Faz mais falta ainda quando penso nisso.


Fox

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Theater


Sexta-feira.

Dia sempre esperado como signo do início de um descanso merecido. É cobiçada a sua chegada mas nem sempre prevista a sua ocupação. Hoje porém, será diferente.

Uma ida ao teatro para fugir da teatralidade que a nossa realidade representa diariamente. Irónico, não?


Fox

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Good book VIII


The Three Musketeers por Alexandre Dumas

Todos conhecem este enredo. Todos o viram nos desenhos animados (se forem desse tempo) ou então em várias adaptações ao cinema. No entanto, isso apenas vos forneceu partes separadas de uma mais ampla trama que Dumas imaginou e colocou no papel. A obra original é um prazer saboreado desde o seu inicio até ao fim. 
Entreguem-se ao risco e à aventura através das peripécias deste grupo de amigos. Irão adorar cada instante.


Fox

domingo, 1 de dezembro de 2013

RIP



A vida é e sempre será para o humano, uma mera existência efémera. Talvez nesta disposição consigamos encontrar no dia-a-dia, a beleza das pequenas coisas que nos animam e dão cor ao mundo. É preciso ambicionar a felicidade como bem supremo e encetar esforços para a atingir, saboreando tudo como se o amanhã não existisse. 

A felicidade de alguns de nós, surge em domínios considerados mais perigosos do que outros, nós sabemos, mas é algo de que não conseguimos fugir. A nossa felicidade reside ai mesmo. O Walker sabia disso e vivia dessa mesma felicidade. Faleceu a fazer algo que amava.

Rest in peace, brother. The Skyline waits somewhere else for it´s driver.


Fox