domingo, 1 de dezembro de 2013

RIP



A vida é e sempre será para o humano, uma mera existência efémera. Talvez nesta disposição consigamos encontrar no dia-a-dia, a beleza das pequenas coisas que nos animam e dão cor ao mundo. É preciso ambicionar a felicidade como bem supremo e encetar esforços para a atingir, saboreando tudo como se o amanhã não existisse. 

A felicidade de alguns de nós, surge em domínios considerados mais perigosos do que outros, nós sabemos, mas é algo de que não conseguimos fugir. A nossa felicidade reside ai mesmo. O Walker sabia disso e vivia dessa mesma felicidade. Faleceu a fazer algo que amava.

Rest in peace, brother. The Skyline waits somewhere else for it´s driver.


Fox

2 comentários:

  1. A vida é mesmo efémera e inesperada... Só nos resta aproveitar cada dia, sermos felizes e proporcionar isso a quem nos rodeia. É assim que gosto de pensar e, por isso, sei que apesar de ainda ser nova, se a qualquer momento partir, sei que as pessoas de quem gosto sabem que já valeu a pena viver para as conhecer e o quanto gosto delas.

    Acho que apesar da tragédia, onde quer que o Paul esteja, está em paz e feliz, afinal morreu a fazer algo que lhe proporcionava felicidade. Tem o meu respeito e espero que descanse em paz.

    C.A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que seja isso mesmo. Aproveitar sempre que podemos.

      Eliminar