quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Cat Tongue

Línguas de Gato Arcádia Chocolates


E assim se desgraça a vida de uma pessoa... Esta época é muito complicada de se aguentar. A tentação está por todo o lado.

Bem, lá vai mais uma...


Fox

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Merry Christmas III



Votos de um Feliz Natal.

Que seja esta, uma época de especial aconchego junto daqueles que mais estimam.


Fox

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Sexy rider IV

Honda CB650F
KTM Duke 125

Não será todos os dias que tenho o prazer de encontrar uma mulher motard. Hoje encontrei duas juntas!
Existe qualquer coisa de especial no olhar de uma mulher motard.

Decididamente muito sensual.


Fox

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Good movie? Hell yeah XXIII



Como seria bom imaginar a existência de alguém que utiliza as suas capacidades bélicas para equilibrar a balança da justiça. Seria muito bom. 
Um excelente filme, no qual Denzel Washington protagoniza um papel que sempre lhe ficou bem, tal como se viu em Man of Fire de 2004.

Não percam a oportunidade.


Fox

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Wish III

Ducati 899 Panigale


Querido Pai Natal, este ano portei-me bem...

Tivesse eu apenas dez anos e seguramente seria assim que iniciaria a carta que me daria alguma réstia de esperança, para 24 dias depois, encontrar o meu desejo embrulhado junto ao pinheiro de natal. 

Que saudade tenho eu desses tempos de inocência.


Fox

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Wrecking-ball



Ao ver a mini-série do Fleming, apercebi-me o quanto sou similar com a personagem no que se refere às relações amorosas...

Aquela capacidade de nos mantermos próximos mas sem nenhum apego especial que faça soar sinos e ver estrelas. Aquela vontade de possuir uma mulher que nos encanta até se perder o interesse. Aquele desejo de olhar profundamente nos olhos de uma mulher que encontramos na rua, abandonando esse contato quando partimos.

Não sei se em algum momento algo se quebrou para além da recuperação, ou se sou apenas eu que funciono como uma pesada bola de ferro que quebra tudo.

Talvez aquele meu professor tivesse razão, ao dizer que o amor tinha sido uma invenção do século XIX.


Fox

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Dreams



Os sonhos são efémeros, estruturados em objetivos e formados por meros momentos de puro prazer.

Um dia, quem sabe...


Fox

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Luxury


Não sei se já repararam mas ultimamente o nosso mercado automóvel tem emitido mensagens curiosas...

Como sou um apaixonado por automóveis, é comum que esteja atento aos novos modelos que transitam na rua. Nos últimos tempos vejo inúmeros veículos novos mas em grande maioria pertencem a um segmento de luxo.

O que quer isto dizer?

Basicamente que os recentemente matriculados (1, 2, 3 anos) que vejo, são maioritariamente da Audi, BMW, Mercedes. Podia ser um bom sinal, evidenciando que a economia estaria em funcionamento. Mas depois lembro-me que no geral, os portugueses não estão em melhor situação do que estavam há uns anos.

Portanto o que é que está aqui de errado?


Fox

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Time

Bell & Ross BR03-92

A fonte de inspiração para estes modelos provém da aeronáutica e dos mostradores analógicos que durante décadas orientaram os pilotos de caças. Hoje encantam os civis que apreciam a contagem do tempo.

Este representa uma série especial produzida em honra à divisão de elite francesa, GIGN.

Ocasionalmente lançam mais um modelo e perco-me durante alguns instantes a admirar o design que esta marca associa aos seus produtos. Voltou a acontecer ainda durante estes dias. Para mim representam uma das mais emblemáticas marcas de relógios.

Uma marca absolutamente fabulosa.

Sou assim, um homem de gostos simples mas dispendiosos...


Fox

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Motel II



Em 2012 escrevi que apesar de nunca ter ido a nenhum motel, acalentava a ideia de um dia experimentar.

Recentemente fui "desviado" do meu percurso para casa e levado para um... Foram duas horas extremamente extenuantes mas completamente loucas.

Sim, é diferente. Parece que de alguma forma, sentimos que o que nos propomos a fazer é proibido, logo mais excitante.

Fox

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Sexy Rider III


Todas as mulheres são sexy´s. Mas algumas conseguem ser bem mais...
Não sei se entendem o encanto que uma mulher adquire quando pilota uma mota, mas é qualquer coisa de especial.


Fox

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Good movie? Hell yeah XXII



Independentemente da fação pela qual tenham combatido, nunca lhes foi dado especial destaque, apesar da sua grande contribuição na Segunda Grande Guerra, a espalhar o terror nas hostes inimigas. Grandes foram os nomes dos soldados solitários que passaram despercebidos apesar das suas consideráveis prestações.

Finalmente surge um filme que aborda essa temática, sob a direção de um homem capaz de realizar um trabalho fenomenal. Já me questionava acerca do paradeiro de Clint Eastwood, contudo, deve ser um pensamento escusado, pois ao que parece ele não tem estado parado.
Irá apresentar nos próximos meses, um filme baseado nos últimos anos de vida do mais letal sniper americano de sempre, Chris Kyle.

Sem dúvida, um filme a não perder.


Fox

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Shiuuuu.Friend Love IV



Não é uma tarefa simples, aquela que envolve a intenção de conhecer pessoas interessantes nos dias que correm. Essa será uma das mais básicas aprendizagens a retirar da comunicação interpessoal que estabelecemos diariamente.

Contudo, não podiam ser todas tão diferentes do que seria esperado e desejado. 

She is naughty... I like it!


Fox

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Temptation



Nunca a perfeição corporal viu o raiar do sol mas ainda assim, todos a procuramos. Eterna busca encetada por todos os nossos antepassados quando sentiram a vontade de a contemplar e possuir.

Por entre a desilusão da realidade se contentaram com algo próximo ao seu modelo mas inferior em algum valor. Fraco substituto daquilo que verdadeiramente ambicionaram.

Será perda de tempo idealizar o que não se consegue obter, ou necessário projetar a ambição desmedida que o animal sente de modo insaciável?

Sem aquilo que deseja, estará sempre vulnerável. 

Sempre tendente à tentação.


Fox

sábado, 30 de agosto de 2014

Hands


Um dia, alguém me disse que tenho umas mãos especiais. 

Desafiadoras. Ardilosas. Inebriantes.

Mãos rudes que se movimentam através de um corpo em ligeiro e gracioso contacto com a sua pele. Por onde passam deixam um rasto ardente de desejo e um profundo arrepio. Viajam sem fronteiras ou limitações numa eterna demanda pelas sensações.

As que se sentem. As que se induzem. As que se desejam.


Fox

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Emigrant



Agosto será sempre o mês em que dão ares da sua graça. Surgem de todos os cantos, especialmente de um especifico, quase todos com o mesmo ar de superioridade. 

Abandonaram a sua pátria de semblante carregado e esperanças defraudadas, procurando melhores condições de vida e oportunidades laborais.

Voltam achando-se superiores aos que aqui ficaram a aguentar os suplícios de que eles fugiram.

Não somos todos filhos da mesma pátria? Ou o patriotismo das cores do "papel" fala mais alto?


Fox

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Orgasm



Dia Mundial do Orgasmo.

Convém. Sempre. Muito.

Não deixem passar este dia em "branco"...


Fox

terça-feira, 29 de julho de 2014

Good movie? Hell yeah XXI



Fazia imenso tempo que não era convidado para uma ida ao cinema. Com uma incidência particular naquele cinema. Foi bom rever as paredes que durante anos me acolheram semanalmente. 

Desta vez, a escolha recaiu sobre esta obra de Paul Haggis, repleta de grandes nomes do mundo cinematográfico. Uma narrativa simples mas cativante, construída com recurso a elementos de conexão minuciosamente apurados. Pequenos detalhes que passam despercebidos ao olhar menos treinado, mas apreciados pelos mais atentos.


Fox 

domingo, 20 de julho de 2014

Music everywhere XV


Edward Sharpe And The Magnetic Zeros - Home

Alabama, Arkansas
I do love my ma and pa
Not the way that I do love you

Holy, moley, me, oh my
You're the apple of my eye
Girl I've never loved one like you

Man oh man you're my best friend
I scream it to the nothingness
There ain't nothing that I need

Well, hot and heavy, pumpkin pie
Chocolate candy, Jesus christ
Ain't nothing please me more than you

Ahh home, let me come home
Home is wherever I'm with you
Ahh home. Let me go ho-oh-ome
Home is wherever I'm with you

La, la, la, la, take me home
Mother, I'm coming home

I'll follow you into the park
Through the jungle through the dark
Girl I never loved one like you

Moats and boats and waterfalls
Alley-ways and pay phone calls
I've been everywhere with you

We laugh until we think we'll die
Barefoot on a summer night
Nothin' new is sweeter than with you

And in the streets you run afree
Like it's only you and me
Geeze, you're something to see

Ahh home, let me go home
Home is wherever I'm with you
Ahh home. Let me go ho-oh-ome
Home is wherever I'm with you

La, la, la, la, take me home
Daddy, I'm coming home

Jade
Alexander
Do you remember that day you fell outta my window?
I sure do, you came jumping out after me
Well, you fell on the concrete, nearly broke your ass, you were bleeding all over the place and I rushed you out to the hospital, you remember that?
Yes I do
Well there's something I never told you about that night
What didn't you tell me?
While you were sitting in the backseat smoking a cigarette you thought was gonna be your last, I was falling deep, deeply in love with you, and I never told you til just now

Ahh home, let me go home
Home is wherever I'm with you
Ahh home, let me go ho-oh-ome
Home is where I'm alone with you

Home, let me come home
Home is wherever I'm with you

Ahh home, yes I am ho-oh-ome
Home is when I'm alone with you

Alabama, Arkansas
I do love my ma and pa
Moats and boats and waterfalls
Alley-ways and pay phone calls

Ahh home, let me go home
Home is wherever I'm with you
Ahh home, let me go ho-oh-ome
Home is where I'm alone with you

Fox


quarta-feira, 16 de julho de 2014

Grapes


Aparentemente aos olhos de alguma iluminada leitora do Shiuuuu, o meu blog expõe "muita parra e pouca uva". Devo admitir que não entendi concretamente o sentido da expressão, na medida em que o que aqui coloco é sempre a verdade. Simplesmente, não possuo o hábito da mentira.

É essa a sensação que vocês possuem deste espaço?


Fox

domingo, 13 de julho de 2014

Good movie? Hell yeah XX



Sabe sempre bem recordar um belo filme, especialmente quando a sua narrativa contempla a presença de uma bela actriz. Contudo, entre as actrizes existem mulheres e mulheres...

Observar esta musa no ecrã é um constante prazer absolutamente delicioso.


Fox

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Beard II



Agora que penso nisto, já não me lembro da última vez que desfiz a barba...


Fox

domingo, 6 de julho de 2014

Good movie? Hell yeah XIX



A representação de um perfeito manual acerca de como não se comportar enquanto pais. 

Algumas pessoas simplesmente não nascem com as capacidades necessárias para poder envergar esse papel.


Fox

domingo, 29 de junho de 2014

Transform



Já fazia imenso tempo que a "wolfpack" não ia ao cinema, por isso, ontem reverteu-se essa disposição. Os velhos apelos da longínqua infância clamam mais alto e lá nos rendemos ao novo blockbuster do Bay. 

Apesar do reboot na narrativa e no elenco, trata-se mais do mesmo, tudo o que mexe leva porrada e posteriormente é destruído. Várias vezes. 

Vidro, metal e fogo. Donos e senhores do ecrã.

Mas o epicentro da noite localizou-se na plateia da sala devido à presença da maravilhosa mulher que trajava de vestido justo branco e preto... Perfection. 

Se for alguma leitora aqui do blog, faça o favor de se acusar. Teria imenso prazer em travar conhecimento com tão deslumbrante espécime.


Fox

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Urchin


Sea Urchin 1 - Fox 0

Não é um encontro nada agradável. Acreditem.


Fox

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Shiuuuu.Friend Love III



A iniciativa continua, desta vez segundo outras disposições, apresentando algumas diferenças em relação ao modelo usado previamente.

Até ao momento reforcei o meu conhecimento acerca de três coisas:

É interessante conhecer diferentes mulheres. 

É difícil encontrar uma mulher especial.

É este o meu fado.


Fox

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Secret III



Depois de ler no Shiuuuu que algumas mulheres usam cremes de rosto com preços exorbitantes, lembrei-me do quanto aprecio uma mulher que não usa de "artifícios" para enaltecer a sua beleza. Algumas tendem a exagerar a sua aplicação, o que se torna simples de notar à distância, a quantidade de base e outros produtos dos quais nem o nome conheço.

Será viável atrasar o inadiável? Resulta no quê, propriamente?


Fox

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Doggy style


Começamos bem! Logo de "quatro".

Continuem.


Fox

domingo, 15 de junho de 2014

Rules

É impressionante a forma como os jovens tendem a quebrar regras. Mesmo aquelas que se demonstram como mais básicas e dignas de respeito são ultrapassadas sem qualquer pudor ou preocupação ética. 

Revolta-me constatar a ausência de preocupação com a propagação da ordem e do respeito entre pares. Tantos sem nenhuma oportunidade e aqueles que as possuem, a não as aproveitarem devidamente.

Como pode ser tão vasto o hiato entre gerações?


Fox

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Warm sun


And so it begins...


Fox

terça-feira, 3 de junho de 2014

Tear


De olhar perdido na imensidão da paisagem, o seu rosto inexpressivo nada expõe. Uma ligeira aceleração na respiração, uma névoa no olhar que rapidamente se aumenta e toda uma envolvência líquida se apodera da cor dos olhos. As lágrimas caem-lhe pesadamente pelo rosto até se encontrarem no seu queixo. Profunda tristeza deverá ter sido esta que assombrou o seu espírito em meros instantes.

Não costumo prestar muita atenção a quem me acompanha nos lugares em frente, normalmente vou perdido entre linhas e letras que me levam para longe. Hoje foi diferente. Senti tristeza por ela.


Fox 

quinta-feira, 29 de maio de 2014

Island



Nunca pensaram em colocar um "freeze" na vossa vida por uns dias e fugir para uma ilha paradisíaca sem terem de se preocupar com mais nada?

Estou cansado. Preciso de descanso.

Fox

sábado, 17 de maio de 2014

Warm day


Com tantos dias em que a chuva foi rainha e senhora do nosso pensamento, quase nos esquecemos como deslumbrantes conseguem ser os dias de sol. 

Todo um estado de espírito colorido se liberta e expõe da melhor forma possível. Segundo dizem, nos dias em que se sente uma grande presença do calor ocorrem alterações na estrutura hormonal do humano.

Se ocorrem não estão à vista, contudo, as indumentárias que as jovens optam por utilizar nos tempos correntes para enfrentar estas agrestes condições climatéricas, são bem visíveis e deixam-me deveras entusiasmado...

Preciso de sexo.


Fox

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Edge


Haverá melhor sensação do que aquela que delimita a tensão relativa à atração entre dois corpos?
Aquele momento efémero em que abeiramos o precipício da tentação sem avançar. Simplesmente permanecemos a pairar sobre o desejo...


Fox

domingo, 4 de maio de 2014

Divine

Algumas mulheres portuguesas são apenas divinas...

Contemplar a beleza a que outros têm acesso, lembra-me que não temos todos as mesmas hipóteses. O tempo passa e sinto-me esvaído de oportunidades.

Fosse o poder da vontade servir para algo e sentiria-me como um lobo entre cordeiros...


Fox

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Freeze


Por vezes temos momentos estranhos, perante os quais congelamos. Naquele instante, tudo aparenta ser tão evidente que nem parece ser real. Hoje foi um desses dias.

Sossegado nas minhas lides, "tropeço" num video que me suscitou o interesse. Abro-o. Visualizando o mesmo, congelo. 

Parece-me familiar em demasia. É impossível! Não pode ser! Destruí todas as cópias. Ou será que não? Poderá ela ter alguma? 

Continuo a ver. Termina. Respiro de alivio.

Realmente não era. Ainda bem.


Fox

sábado, 19 de abril de 2014

Sound



O som! Aquele som!

Volvida uma semana desde que tive o privilégio de pilotar esta fabulosa peça de engenharia italiana, ainda não esqueci o som daquele motor. Que sonho!

Want one!!!


Fox

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Therapy



Um dia aprendi uma frase que nunca esqueci e não me canso de repetir: "you never see a motorcycle parked outside of a psychiatrist´s office".

Creio que diga muito acerca do que representa o nosso estado de espirito. Quando os problemas parecem ser maiores do que os Himalaias, nada melhor do que a montar e partir pela procura da doce sensação da liberdade. 

Não existe melhor terapia do que esta, hands down.


Fox

quinta-feira, 17 de abril de 2014

The Train X

Sofia dirigiu-se para o estúdio de fotografia, que já havia sido preparado com  antecedência. Ele foi atrás e ajustou a iluminação.

A roupa que Sofia envergava, não salientava mais do que as curvas do seu corpo. Uma camisa branca enfiada numas jeans justas com o inevitável salto alto. O seu cabelo longo estava perfeito com um ar rebelde.

Desinibida, mexia-se com poses naturais que foram ficado mais sensuais, mas não de forma exagerada. Certamente já seria o álcool a controlar a sua ousadia. Ele ia-lhe dando umas orientações de postura e olhar, aprovando quando ela conseguia o seu objectivo.

Ao fim de algum tempo, ele parecia satisfeito com o resultado.
Voltaram a sentar-se no sofá. Ela bebia mais um pouco, enquanto ele via as fotos em grande plano no seu computador portátil.

- Para primeira tentativa, não está nada mal! - disse sorrindo.

            Ela aproximou-se para ver melhor. Estavam perto, demasiado perto. Os olhares chocaram e os lábios também. Entre a fogacidade dos beijos quentes, o desejo há muito que tinha tomado conta dos seus corpos. Mãos desenfreadas tatearam e arrancaram a roupa que ficou espalhada pelo chão. A busca de se saciarem um no outro foi instintiva. Um impulso que habitava algures dentro de ambos, desde aquele primeiro olhar trocado na estação, explodiu.

Sofia fê-lo deitar-se no sofá, gatinhando suavemente sobre o seu peito enquanto o beijava. Procurava o domínio da situação, queria fundir-se nele e libertar todo o seu desejo. Quando tateou à sua procura encontrou-o duro, quente, latejante. Ficou inebriada. Sentia-se dominante, húmida, sequiosa. Introduziu-o dentro de si. Quando por fim se tocaram, libertaram um expressivo arfar. Sofia sentia-o finalmente como um todo, num plano sensorial muito mais amplo do que esperava.

Através de aprazíveis movimentos, impôs o ritmo que desejava. Os seus olhares estavam ligados entre si, expondo o brilho do desejo. Comandava uma cadência de penetração rítmica, como a de um comboio em andamento, até que o orgasmo uníssono e explosivo lhe deitou a cabeça para trás e a sua face se contraiu num esgar de prazer. Caiu como que abatida por uma bala invisível em cima do peito dele. Ele abraçou-a, suspirou, beijou-a nos seus lábios molhados.

            O tempo ficou suspenso num abraço entre corpos suados e ofegantes. Transparentes espirais de calor emanavam da sua pele. Os olhos perdidos no vazio. As mentes leves como penas. Os corações apressados.

           Algo tão intenso como ambos tinham vivido desde que se conheceram, podia nem ter acontecido, mas a verdade, é que a sorte quis que o Amor nascesse entre eles. E o que podia ser fugaz, teve a sua chance para se tornar duradouro e real!


Fox + Ana Mar

terça-feira, 15 de abril de 2014

Good movie? Hell yeah XVIII



A abordagem de Lars von Trier é crua, lógica e violenta. Acentuada pela importância de ser exercida a vontade de serem desmistificados os tabus. Nem tudo na vida é cheio de cor, algumas coisas são apenas animalescas.

Simplesmente soberbo.


Fox

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Secret




No meu circulo de amigos, todos passamos pelo mesmo ritual de passagem à idade adulta. Pagamos para ter sexo.

Esse acontecimento nunca interferiu na forma como vemos as mulheres. Para nós, continuam a ser o elemento que dá cor a este mundo e são sempre tratadas como verdadeiras rainhas.


Fox

The Train IX

A campainha tocou. Ele sentiu um arrepio na espinha. Dirigiu-se à porta. Tinha tentado arrumar o mais possível o loft mas o resultado não estava muito perfeito. Teria de servir.
Espreitou pelo óculo da porta, confirmando que era Sofia quem tocava à campainha. Respirou fundo e abriu a porta exibindo um sorriso.

- Olá.

- Olá, Sofia. Sê bem vinda ao meu humilde palácio. Entra. – convidou ele sorrindo

- Wow. Isto é muito giro. – disse ela com um ar espantado

- Não é muito mas é meu. Serve-me bem nas minhas necessidades. Fica à vontade.

Enquanto Sofia entrava dentro da divisão sem divisões, ele dirigiu-se à cozinha. Ouvia-se uma música de fundo que enchia o espaço de ritmo e harmonia, um certo aconchego numa casa tão ampla. Quando voltou para junto dela trazia uma garrafa e dois copos.

- Pensei que talvez quisesses descontrair um pouco antes de começar a sessão. Queres um pouco? – pergunta ele de garrafa na mão

- Bem e por que não? – responde ela com um sorriso

Sentados confortavelmente no sofá, rapidamente encadearam uma bela conversa que muitas gargalhadas suscitou. Trocaram olhares cúmplices e muita foi a história que partilharam entre si. O tempo passava sem ninguém o ver, assim como o conteúdo da garrafa que desaparecia sem ninguém notar. No final estavam os dois bastante mais desinibidos do que alguma vez julgaram que seria possível, ele só esperava não fazer nenhuma parvoíce.

- O teu sorriso é divinal. Tens os lábios muito bem delineados. Perfeito. – disse ele, enquanto pegava numa máquina que tinha junto de si e começava a tirar fotos.

- Se começas com os elogios fico sem jeito e coro.

Ele começava a estar concentrado no que fazia e continuou a tirar fotos de vários ângulos diferentes.


Fox + Ana Mar

sábado, 12 de abril de 2014

Wish II

MV Agusta F3 800


Oh my!

Esta "augusta" é uma fera! Ronrona de forma tremendamente sensual.

Eu sabia que um dia ia "montar" uma italiana! Foi hoje!

Que sonho de mota! Que ciclística! Que comportamento! Que som!!!

Estou apaixonado.

Uma das melhores experiências que já tive. Como disse o P., "bem melhor do que muitas relações sexuais"...


Fox

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Sexy Rider II




Finalmente descobri o mistério!

Eu aqui à espera dela e afinal anda perdida pela Rússia.

Perfeição!

Motard, morena, elegante, sexy... Ouch!


Fox

The Train VIII

              - Adeus.

             - Fica bem, Sofia.

         - Em breve, digo-te alguma coisa. -  acenou-lhe e seguiu o seu caminho contrário ao dele.

Joel ainda ficou a vê-la partir. Não conseguia desviar o olhar. Ainda não. Seria bom tê-la nos seus braços um dia. Aquele “em breve” e a hesitação dela na despedida, davam-lhe a sensação de algo promissor.

Apanhou boleia com alguém que o esperava, enquanto ela apanhou um táxi. Passou pelas ruas luminosas da baixa, onde o seu olhar se perdia em pensamentos e nos lábios, um sorriso teimoso persistia.

Sofia, tentou viver os dias seguintes sem grande ansiedade, mas era tarefa praticamente impossível. Estava com dificuldade em concentrar-se no seu trabalho porque o seu pensamento voava para outro lado.

Decidiu ligar-lhe a dizer que aceitava fazer a tal sessão fotográfica. Marcaram para daí a uma semana. Esse telefonema foi o início de uma longa troca de mensagens e chamadas. As longas conversas foram escalando ainda mais o interesse. Foram-se conhecendo, falaram de viagem, experiências e gostos pessoais, de defeitos e manias. Ao fim de uns dias, já fantasiavam com a ideia de se encontrarem nos braços um do outro.

No fim-de-semana em que Sofia voltava ao Porto, ficaram de se encontrar no estúdio dele.


Fox + Ana Mar

segunda-feira, 7 de abril de 2014

The Train VII

O sono que julgou vir a sentir não se confirmou, ela era bela demais para causar sonolência a alguém humano. Assim fez o resto da viagem, a observar enquanto ela dormitava numa pose um pouco estranha. Lá fora, a sombra de uma paisagem indefinida corria numa velocidade louca, mas dentro da carruagem, tudo corria vagarosamente.

Quando o comboio por fim parou em Santa Apolónia, Sofia ainda dormia. Depois de lhe retirar a mala do compartimento de bagagens, colocou-lhe a mão no braço e abanou-a suavemente. Ela não demorou a abrir os belos olhos e dirigir-lhe um suave sorriso.

- Chegamos. – disse ele.

- Já? Adormeci. – respondeu ela enquanto esticava o corpo.

- Vou levar a tua mala para a gare enquanto te preparas.

Sofia levantou-se procurando livrar-se do entorpecimento que sentiu ao acordar. Pegou no resto das suas coisas e dirigiu-se para a saída. Pelo vidro, viu-o parado na estação, de cigarro aceso e com a mão numa enorme mala rosa choque. Tinha por fim terminado a viagem em conjunto. Saiu da carruagem que a levou até ali.

- Obrigada pela atenção. Parece que só te dei trabalho durante a viagem. – disse ela.

- Ora essa, não custou nada. Tive muito gosto em te conhecer, ainda que apenas por duas horas. – respondeu ele com um sorriso nos lábios.

- Bem, parece que é aqui que nos despedimos então. – disse-lhe enquanto mordia o lábio.

Ele olhou-a bem fundo nos olhos e por momentos sentiu uma tensão quase palpável. Nesse momento viu-a frágil. Hesitante.


Fox + Ana Mar

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Sign



Things aren't always what they seem...

Algumas vezes não compreendemos totalmente as situações por ausência de conhecimento da sua envolvente. Mas em algumas dessas, o destino coloca em funcionamento ações que nos iluminam o entendimento.


Fox

quinta-feira, 3 de abril de 2014

The Train VI

Se já antes tinha corado, com aquele elogio ficou mesmo vermelha. O sangue aflorou na sua pele, por norma, tão alva.
Iria mentir, se dissesse que não se tinha já imaginado como modelo de uma produção fotográfica, mas isso era só uma fantasia sem sentido. Joel tinha-lhe dito que ter uma foto dela no seu portfolio, seria certamente uma mais-valia.

- Pensa nisso e depois dá-me uma resposta. Tens aqui o meu cartão.

- Ok, vou pensar nisso. - disse ela, com o café numa mão e o cartão na outra.

- Não sei como me sairei numa situação dessas. Se fico inibida... se... - começou a sorrir com um certo embaraço.

- Só tentando... De certeza que te vais ver como nunca te viste. - disse-lhe, piscado o olho com um sorriso.

- Ganhas tu umas boas fotos e ganho eu também. Isto parece sempre um cliché de engate... mas o objectivo em relação às fotos, é estritamente profissional. - mostrou-se com um ar sério e continuou.

- Não sou eu que abordo as modelos. Normalmente, quando alguém se aproxima de pessoas que não o são, com esta conversa, há que sempre desconfiar um pouco das intenções... O que é compreensível. Afinal de contas, é alguém que não se conhece de lado nenhum. Mas pronto... vi algo especial em ti e é apenas para um trabalho meu. Espero que aceites. - pontuou a frase com a mão no seu ombro ao de leve.

Sofia ficou pensativa. A ideia agradava-lhe, principalmente por poder voltar a vê-lo. O resto, era só algo que podia ser engraçado de experimentar e ver o resultado.

Entretanto, voltaram aos seus lugares. A conversa esmoreceu um pouco. A viagem começava a torna-se cansativa e o café que tomaram, não surtiu grande efeito. Ambos relaxaram com a cabeça encostada no banco e o olhar perdia-se no seus próprios reflexos na janela.

A noite era como um manto negro. No local por onde passavam, não havia iluminação e por isso, também nada se distinguia na paisagem.

A cadência do comboio conduzia ao estado de sonolência. As suas pernas tocaram-se por acidente, quando Sofia se tentava aninhar um pouco no banco. De vez em quando fechava os olhos por momentos, enquanto ele mantinha-se entretido a observá-la discretamente.


Fox + Ana Mar

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Chart

Considerando a fraca participação na maioria dos posts, lembrei-me de verificar quais aqueles que foram mais visitados e por dedução direta, entendê-los como mais interessantes. Após essa pesquisa cheguei a uma lista, onde figura aqui um "top five".


1 - Wrong way

2 - In shock

3 - Age

4 - Our day

5 - Miss it


O que se retira deste apanhado de informação?

Que o mais badalado foi aquele em que relatei o "furo" da participação no Shiuuuu, seguido da minha desilusão com uma mulher que dessa classe pouco possui, ainda o eterno tema da idade, o dia do solteiro e por fim, a falta de um beijo.

Isto é preocupante. A linha transversal a estas cinco publicações é a solidão! Parece-me que quando escrevo sobre a solidão tenho mais probabilidade de interagir convosco. Não sei até que ponto isso é saudável.

Com a próxima participação no Shiuuuu para breve, pode ser que não demore um "Wrong way II"...


Fox

terça-feira, 1 de abril de 2014

Shiuuuu.Friend Love II



Fiquei agradado por saber que na ultima edição, pelo menos seis pessoas, encontraram um rumo para a sua condição emocional solitária. É bom constatar que o Shiuuuu não perdeu a habilidade para juntar casais.

Neste momento as candidaturas estão encerradas. Inicia-se agora o processo de seleção.

Isto significa que se alguma mulher for compatível com a minha pessoa, já lá se encontra algures. É uma ideia interessante de ser deduzida. A incógnita é apelativa...

Resta esperar.


Fox

segunda-feira, 31 de março de 2014

The Train V

Sofia anuiu ao seu pedido. Afinal de contas, teriam de ali permanecer durante as próximas horas, sendo que um bom café caia sempre bem.

A carruagem do bar trouxe um novo alento ao diálogo entre os dois desconhecidos. Sorrisos e olhares cúmplices acompanharam a cafeína do líquido que levavam aos lábios. A fotografia era uma paixão para ele e uma curiosidade para ela, por isso o tema orbitou nessa dimensão. Quando ele falava, a emoção das suas palavras tornava-se intensa e de algum modo, isso pareceu refletir-se na atenção que Sofia lhe dirigia. Por sua vez, a atenção que ele recebia aumentava a observação da face de Sofia. O seu perfil parecia esculpido em mármore, uma perfeição de traços para fotografar.

- Já alguma vez foste fotografada? - perguntou ele.

- Fotografada? Claro, todos nós já o fomos, numa ou outra situação. - respondeu ela com um sorriso nos lábios.

- Quero dizer, “realmente” fotografada… Um trabalho a pensar apenas em ti e nos teus traços faciais.

- Ah. Desse género não. – disse sofia corando.


- Tenho a impressão que seria um trabalho fabuloso. És deslumbrante, por isso o resultado não podia ser inferior a essa condição.


Fox + Ana Mar

domingo, 30 de março de 2014

Reunion

Uma reunião das "Foxe´s"...

A ideia surgiu espontaneamente em conversa com a Reflexos... no "post" Odds. Na altura, a Ana Mar estava "por perto" e também achou a ideia apelativa. Desde aí fiquei a pensar no assunto.

Verificando que as leitoras mais ativas ao longo destes dois anos, se demonstram deveras cativantes na suas formas de pensar, era capaz de se revelar uma iniciativa de valor. 

Pessoas interessantes, reunidas a trocar ideias sobre a vida e as suas peripécias.


Fox

quinta-feira, 27 de março de 2014

The Train IV

Decidiu tocar-lhe no ombro e perguntar-lhe. Não teria pedido ajuda, como uma donzela em apuros, se não precisasse realmente de uma mãozinha. Sempre que podia fazer algo sozinha, fazia, mas não era o caso. 

Ele prontamente a ajudou, levantando a sua velha mala pesada com grande agilidade. Ela agradeceu-lhe o gesto e ele devolveu-lhe um sorriso. 

Ficou entusiasmada com a oportunidade de o ter como companheiro de viagem. Passou tão perto dele, que quase podia sentir o calor que emanava do seu corpo. Sentou-se no seu lugar ao lado da janela. O destino levou-os a que fizessem a viagem de frente um para o outro, rumo à mesma estação.

            - É uma Leica que tens nas mãos? - disse Sofia, encetando conversa.

         - Sim! Anda sempre comigo... Já tirei umas boas fotos com ela. Nas estações de comboio, surgem boas oportunidades de captar aquele momento especial.

Depois de algumas trocas de palavras sobre a relíquia que ele possuía, Joel apresentou-se. Falavam como se estivessem apenas os dois no comboio. Quem os observava, não podia deixar de reparar nos seus olhares brilhantes de encantamento.
            Ele tinha-lhe dito, que ia fazer um trabalho fotográfico para uma agência de publicidade, em Lisboa. O foco da sua objectiva era uma modelo inglesa de pernas longas, que ia figurar como imagem de uma marca conhecida.
            Sofia sentia-se cada vez mais atraída pela sua voz grave, que brotava de uns lábios bem desenhados, que lhe davam vontade de beijar. O charme de Joel era inebriante.
            Fez-se um silêncio reconfortante ao fim de algum tempo de conversa, que coincidiu com a paragem do comboio numa estação qualquer. A sintonia e atracção entre ambos, eram evidentes.

            - E se fossemos até ao bar beber um café?... - convidou ele.


Fox + Ana Mar

terça-feira, 25 de março de 2014

Tension


Faz algumas semanas que tive uma saída muito saborosa com a F.. Uma daquelas que ocorre a cada doze meses, ou algures tão perto disso que nem fará a diferença. Uma amizade muito afastada, portanto.

Contudo, é sempre bom sair com ela. Falamos abertamente sobre tudo, especialmente sobre relações e doenças do coração, é usual nestes intervalos ela ter conseguido conhecer alguns homens... Mas o engraçado é que regra geral acabamos a falar sobre sexo. Não me questionem a razão pela qual isso acontece, porém é algo comum de acontecer quando estou por ali. Talvez por não ter pudores acerca disso, as pessoas se sintam com vontade de tocar esses assuntos na minha presença. 

Resumindo, falo de sexo no passado. É aborrecido.


Fox

segunda-feira, 24 de março de 2014

The Train III

A espera que antecede um momento com hora marcada deixava-o sempre ansioso, fruto desse nervosismo nascia-lhe a vontade da nicotina. Enquanto esperava na orla da plataforma, sacou de um cigarro e observou.

Nasceu com dom para a imagem, para a observação, essencialmente através de uma lente. Era fotógrafo desde que se lembrava. Quando ainda pequeno, perdia horas a fio com câmaras de brincar enquanto representação da realidade que hoje abraçava. Era profissional desde que começou a ser requisitado e pago por aquilo que fazia melhor. Sendo essa precisa razão que o levou a esperar o comboio que rumava à capital.

Entre um casal de idosos que aguardava sentado num banco e um grupo ruidoso de jovens que entoavam músicas de um qualquer artista, pouco mais se destacava à atenção. Contudo, algures atrás de um dos pilares da plataforma ele descobriu-a. E o encanto foi imediato.

A sua figura era encantadora. Cabelos longos e castanhos, pele branca e macia, rosto delicado e belo, lábios voluptuosos e sensuais, rematando com uns deslumbrantes olhos cor de mel. Não se conseguiu impedir de esboçar um sorriso quando estabeleceu contato visual com aqueles olhos. Foram instantes de puro êxtase. Pouco depois ouviu a programada voz indicar a chegada à linha número oito do comboio com destino à estação de Santa Apolónia.

Deu um último folego ao cigarro e apagou-o no chão, subindo em seguida para a sua carruagem. Ao consultar o bilhete, verificou que não teve sorte com o lugar, tinha de ir de costas voltadas ao avanço do comboio. Só esperava agora encontrar a felicidade de ter alguém visualmente interessante no banco em frente ao seu, caso contrário seriam mais de duas horas a dormir.

Sentou-se no seu banco e abriu a mochila. Envolta em delicados panos aveludados, estava embrulhada uma velha máquina Leica que manuseava com muito cuidado. Foi perdido nesta contemplação que ouviu uma voz perto de si.

 - Desculpe, será que me podia ajudar com a minha mala? É muito pesada para eu a colocar ali em cima.

Quando deslocou o olhar da Leica para a mala, viu que esta era pintada num rosa choque muito pouco usual.


Fox + Ana Mar

domingo, 23 de março de 2014

Bikers




Não existe nada melhor do que estar numa reunião de motard´s, sente-se imediatamente algo de especial na sua envolvente. Acaba quase sempre por ser tão elevado o número de curiosos quanto o dos que pilotam as motas. Simplesmente é impossível ficar indiferente a este mundo das duas rodas.

Gostei de ver entre todos estes, duas mulheres motard´s. Especialmente a que ia sozinha na sua mota com o namorado/companheiro/marido ao lado numa outra. Amor é também isto, partilha de gostos.


Fox

quinta-feira, 20 de março de 2014

Thirsty



De pura luxúria...

Saborear lentamente cada curva do doce sabor de uma pele arrepiada.


Fox

The Train II

O comboio arrancou num movimento lento e suave. Ia-se mantendo à alerta, já que esperava em breve ter que sair, para finalmente se sentar no lugar onde passaria umas horas de viagem. Continuava a pensar no que tinha para fazer nessa semana, mas principalmente no que deixava para trás. Sentia um vazio que ainda não tinha conseguido colmatar. Estava a tentar adaptar-se à sua nova vida noutra cidade, desde que arranjara o seu primeiro emprego.

Lá estava ela de novo, à espera da ligação. Via as pessoas a andarem alheadas, de um lado para o outro como formigas. Outras estavam como ela, expectantes na chegada da próxima “máquina”, que as levaria rumo ao seu destino. Observou uma senhora a ler, sentada no banco ao seu lado. Um grupo de adolescentes efervescentes, que pelas suas t-shirts com o mesmo logo, deduzia que fossem ver um concerto à capital. Mas o seu olhar ficou preso nele. Aparentava trinta anos, moreno, barba de 3 dias, olhar perdido algures. Vestia-se de forma casual, com um casaco de cabedal preto e mochila às costas. Aspirava o fumo de um cigarro, que levava aos lábios num gesto repetitivo. Deu conta de que estava a ser observado e devolveu-lhe o olhar. Sorriu e desviou de novo. Sofia, sentiu que tinha sido apanhada.


Fox + Ana Mar

terça-feira, 18 de março de 2014

After her

Depois dela muitas foram as que tentaram tudo sem sucesso algum obterem. Infrutífera tentativa aliciada apenas pela minha meritória forma de ser. Porém, não se conseguem desencadear situações apenas por desejo. Toda esta complexa engrenagem que funciona entre nós, não apresenta essa mecânica. Simplesmente não tem de ser e aí seguimos por trilhos separados.

Agora quando penso nelas, pois nunca se esquece a quem damos o nosso tempo, sei que estão bem, algures com alguém. Conseguindo providenciar o que não lhes consegui dar a dado momento. Isso deixa-me realizado e demonstra-me algo. Somos todos tão incompatíveis entre nós que quase toca no contra-senso. Podemos conhecer milhares de pessoas e ser apenas para uma.

Não sirvo para todas nem todas servem para mim. Assim numa simples disposição de ponderações se anula toda e qualquer razão de procura.


Fox

segunda-feira, 17 de março de 2014

The Train I


A noite chegava lentamente com o sol a esconder-se no horizonte. Depois de um longo momento de contemplação do pôr-do-sol desde a Ribeira, Sofia caminhava mecanicamente para a estação, distraída com o som rítmico que lhe envolvia os ouvidos. Atrás de si puxava a sua mala rosa choque, com as rodas a ultrapassar todas as pedras que lhe colocavam obstáculo no pavimento. O enorme edifício avistava-se imponente ao longe, com os seus muitos focos de luz a exibirem a nudez da sua beleza arquitetónica. Seria esse o seu objetivo, entrar no primeiro comboio de ligação à próxima estação, para finalmente esperar aí pelo Alfa que a levaria até à capital, enquanto se entregaria ao sono durante as próximas horas.

Depois de tanto caminhar pelas ruas do Porto, sabia-lhe bem ver-se livre do peso da velha mala, agora encostada junto ao seu banco. A cidade era sempre deslumbrante de ser vista, especialmente à noite, mas nunca com uma mala atrás. Apesar de a conhecer desde que se conhece a si mesma, nunca se cansa de observar os seus cantos e recantos tão cheios de romantismo. Sempre que parte sente um vazio no coração causado pela saudade. Olhar pela janela e ver a cidade ficar para trás de si, nunca é fácil. Mas era assim que gostava de viajar, música nos ouvidos e olhar perdido no horizonte. Pelo menos até ao sono lhe tomar conta do corpo e vontade.


Fox + Ana Mar

sábado, 15 de março de 2014

Wish

Moto-Guzzi V7 Racer


Hoje foi dia de ir ao stand babar com a visão desta senhora italiana. Sem qualquer pudor, exibia-se na montra com intenções de arrebatar corações. O C. acompanhou-me mas deitou um olho mais interessado numa inglesa que fazia companhia à Racer.

Escusado será tentar explicar, o quanto sexy esta italiana me parece.

Um dia, quem sabe...


Fox