domingo, 23 de fevereiro de 2014

Angel



Nunca nenhum eu vi, nem descortino se algum dia verei, porém se o termo nela não se aplicar, então de beleza nenhuma eu entenderei.

Dias existem em que apenas por momentânea observação, preciosamente ficam para sempre valorizados. Nestes, dispomos apenas de um fugaz momento para discretamente alguns pormenores guardar. A vida nunca nos sorri desta forma, há que aproveitar o instante e construir o mais belo retrato imaginário possível. Hoje foi um desses poucos e por tal, me aquece o espírito apenas de o recordar.

De pele branca e macia, cabelos compridos e castanhos, lábios voluptuosos e sedutores, rosto belo e delicado com uns deslumbrantes olhos cor de mel... Ah! Aqueles olhos! Por eles todo o mundo seria visto em transcendental beleza, tal a perfeição de encanto que em si guardam. 

Em alturas assim, urge em mim um fulgor de vida que no meu estagnado viver julgo já apagado. Ah! Como saborosa deverá ser a vida daqueles a quem a fortuna sorri.

Se por desígnio do destino, o maravilhoso ser que hoje vi a tomar café às 15:30 ler estas palavras, que faça o favor de me dizer. Troco o meu reino por um dialogo em tão maravilhosa companhia...


Fox

8 comentários:

  1. Eh pá! não, não era eu! :)
    Andas a ver Anjos da Victoria's Secret por aí?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não? ;)

      Não sei se seria modelo, não me pareceu, contudo, era um anjo em beleza. Disso não tenho dúvidas. Que sonho.

      Eliminar
  2. Deveria ser uma mulher deslumbrante :) Foi pena não terem trocado algumas palavras...

    C.A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, uma jovem deslumbrante. Não podia, sou um cavalheiro, não "engato".

      Eliminar
    2. Estava a mencionar trocar umas palavras se a situação assim o tivesse proporcionado por algum motivo e não no sentido de a "engatares". Até porque essa palavra soa sempre tão mal e não era de todo essa a mensagem que pretendia transmitir.

      C.A.

      Eliminar
    3. Isso acontece nos filmes só. ;)
      Na vida real é muito mais complexo e nesse sentido, sou muito respeitador da liberdade do outro.

      Eliminar
    4. Depende Fox, já me aconteceu conhecer pessoas em situações semelhantes a essa em que se proporcionou um diálogo, sem a conotação de "engatar". Ainda hoje mantenho amizades que nasceram assim.

      C.A.

      Eliminar
    5. Acredito, contudo não fazem parte da minha realidade ou forma de ser. Existem limites que não cruzo sem ser convidado.

      Eliminar