quinta-feira, 20 de março de 2014

The Train II

O comboio arrancou num movimento lento e suave. Ia-se mantendo à alerta, já que esperava em breve ter que sair, para finalmente se sentar no lugar onde passaria umas horas de viagem. Continuava a pensar no que tinha para fazer nessa semana, mas principalmente no que deixava para trás. Sentia um vazio que ainda não tinha conseguido colmatar. Estava a tentar adaptar-se à sua nova vida noutra cidade, desde que arranjara o seu primeiro emprego.

Lá estava ela de novo, à espera da ligação. Via as pessoas a andarem alheadas, de um lado para o outro como formigas. Outras estavam como ela, expectantes na chegada da próxima “máquina”, que as levaria rumo ao seu destino. Observou uma senhora a ler, sentada no banco ao seu lado. Um grupo de adolescentes efervescentes, que pelas suas t-shirts com o mesmo logo, deduzia que fossem ver um concerto à capital. Mas o seu olhar ficou preso nele. Aparentava trinta anos, moreno, barba de 3 dias, olhar perdido algures. Vestia-se de forma casual, com um casaco de cabedal preto e mochila às costas. Aspirava o fumo de um cigarro, que levava aos lábios num gesto repetitivo. Deu conta de que estava a ser observado e devolveu-lhe o olhar. Sorriu e desviou de novo. Sofia, sentiu que tinha sido apanhada.


Fox + Ana Mar

Sem comentários:

Enviar um comentário