terça-feira, 3 de junho de 2014

Tear


De olhar perdido na imensidão da paisagem, o seu rosto inexpressivo nada expõe. Uma ligeira aceleração na respiração, uma névoa no olhar que rapidamente se aumenta e toda uma envolvência líquida se apodera da cor dos olhos. As lágrimas caem-lhe pesadamente pelo rosto até se encontrarem no seu queixo. Profunda tristeza deverá ter sido esta que assombrou o seu espírito em meros instantes.

Não costumo prestar muita atenção a quem me acompanha nos lugares em frente, normalmente vou perdido entre linhas e letras que me levam para longe. Hoje foi diferente. Senti tristeza por ela.


Fox 

4 comentários:

  1. Ai que fofinho....

    Andorinha

    ResponderEliminar
  2. Há dias em q os nossos olhos n conseguem esconder o q sente o coração , há momentos em q achamos q ninguém vai reparar q cedemos
    Nesses dias / momentos acredita um sorriso vindo de um estranho pode alegrar o nosso dia e diminuir a nossa dor
    Beijonho meninamulher

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez nem estivesse preocupada com o pensamento de terceiros. Teria sorrido se ela tivesse olhado mas pouco depois saiu na estação e não a voltei a ver. Fica para uma próxima.

      Eliminar