segunda-feira, 15 de junho de 2015

Seduction


"Sugiro um tema "Cativar e/ou ser cativado - O que é preciso? O que nos move?"
Nos dias que correm é uma "arte" cada vez mais diferenciada e complexa. Por isso será bom partilhar ideias, experiências."

Essência Por Lapidar

Ah, the thrill of the hunt...

Não será por ventura, este o mais emocionante momento que se desperta após conhecer alguém que nos entusiasma?

A loucura da ação desenfreada pela necessidade de exposição, pela vontade de impressionar, pela intenção de agradar, pelo desejo de possuir, pela saborosa sensação da conquista. Devo admitir que em mim é algo que me desperta uma imensa boa disposição.

Trata-se de uma ação instintiva e que muito dificilmente consigo domar. Se vejo uma mulher que me agrada e à qual consigo ter acesso, imediatamente se desperta todo uma predisposição para realizar este ritual de sedução. A programação deverá ser genética mas é muito apelativa e entusiasmante.

Como o faço? Trato-a como a rainha que sempre me parece ser. Não será essa, a verdadeira forma de tratar uma mulher?
A noção de que em tempos idos este jogo de seduções era assumido como uma arte, leva-me a agir de forma eloquente e inspirada.

É uma maravilhosa sensação que se expande até surgir o momento em que perco a ilusão com que construí a imagem da rainha. No final acabo sempre desiludido.

Mas e vocês? Como vêem este tema?


Fox

16 comentários:

  1. Gosto de ser cativada, de ser seduzida, e ao mesmo tempo seduzir sem que se note muito o "esforço". Se bem que cada vez mais a sedução é uma arte e nem todos possuem o talento para ela.

    Tu constróis a imagem da rainha, tens de deixar que ela te ajude a construir, senão a queda é grande. Acontece o mesmo com os "príncipes" que no final são autênticos sapos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este "seduzir sem que se note muito o esforço" é sinónimo de ficar quieta e deixa-lo fazer tudo. Não é? ;)

      Bem sei que tenho de perder esta minha mania mas não é fácil. Acabo sempre desiludido por uma qualquer razão que não previ no inicio.

      Eliminar
    2. Ahah não o deixo fazer tudo, senão qual é a piada? Seduzir sendo seduzida.

      Não podes prever. Tens de simplesmente viver o momento. (Tenho noção que não sou a melhor pessoa para dar conselhos destes, mas olha para o que te digo não olhes para o que faço :D )

      Eliminar
    3. Hum... Considerando o que conheço das mulheres, diria que gostam mesmo é de ser somente seduzidas.

      Acho que o problema é esse, viver o momento. Depois esqueço-me do resultado que se adivinha.

      Eliminar
    4. Acho que tanto homens como mulheres gostam de seduzir e serem seduzidos, quem é que não gosta de se sentir atraente e desejado?. Para mim é a melhor fase de uma relação (seja de curta ou longa duração) sentir as borboletas no estômago, a emoção só de pensar na pessoa e todas as parvoíces que fazemos ou dizemos... Certamente ficamos um bocado cegos com todas as emoções que nos fazem sentir como nas nuvens. Mas te digo Fox, não trocava essas sensações por nada, nem que tivesse de cair mil vezes das alturas.
      acamartinez

      Eliminar
    5. Devo confessar que a minha parte racional agora me induz más impressões pelos comportamentos em que permiti ser toldado por emoções. A vulnerabilidade que o humano apresenta em determinado momento não é nada atrativa.

      Eliminar
    6. Lol! Mas só vemos isso quando passa a parte emocional e se reativa o racional. O dia que apareça novamente alguém voltas a ficar maluco ;). já viste que aborrecido seria se fosse diferente??
      acamartinez

      Eliminar
    7. Eu sei que sim mas podes sempre tentar ser mais racional do que emocional. Não somos todos iguais.
      A má impressão já é tanta que agora creio que me proteja mais desses domínios.

      Eliminar
  2. A sedução é uma arte que muitas vezes vai para além do que nós próprios imaginamos.. Parte de cada cheiro, de cada olhar, da maneira como pomos as mãos, coisas que muitas das vezes fazemos sem sequer termos idealizado ou pensado acerca do assunto. Muitas vezes está-nos nos genes e acho que isso é formidável. Mas nunca nos devemos deixar iludir por essa marcha tão apelativa que são os primeiros deleites quando conhecemos alguém. Deixo um conselho: devemos estar sempre com um pé atrás.. confiar desconfiando até que tenhamos a certeza de que é piso seguro. As imagens de uma rainha fazem-se pelas suas atitudes, e pode até partir da sedução.. mas o que vem após isso é que dita a atribuição de uma coroa válida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sedução nos pormenores. De facto.

      Se "desconfias" de alguém, corres o risco de o fazer notar pelo teu comportamento. Mas tens razão, as suas atitudes é que deveriam determinar se passa a ser uma rainha ou não.

      Sê bem vinda, Madalena Prata. ;)

      Eliminar
  3. A partir do momento em que há aquele click de empatia, começa o "jogo". Há quem ache que o homem deve seduzir e a mulher deixar-se seduzir. Acho que é um erro. Nada tem mais "piada" do que fazer parte do jogo. A comunicação verbal ou não verbal, o ler o outro lado. Haverá algo mais excitante que isso? Fazê -lo com inteligência (racional) e sentimento (emocional) permite que tenhamos uma experiência bastante gratificante e completa. Uma balança desequilibrada poderá estragar um pouco isso. Imagino que os homens gostem de mulheres que lhes dê um pouco de "luta".
    Nada me dá mais prazer do que ser bem seduzida, mas para tal eu também tenho que fazer a minha parte :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo. Acho que quando a mulher se emancipa e partilha da "ação da caça", tudo se torna bem mais excitante...

      Eliminar
  4. Ola Fox. Já não vinha cá à muito mas o trabalho e outros percalços nestes últimos meses não me têm deixado vir ao computador sequer.
    O jogo de sedução é uma coisa fabulosa. Acho que quando um homem e uma mulher se ligam e começam naquele jogo de sedução um pelo outro é fantástico, principalmente aquela fase do olhar, sorriso e depois o avançar com comunicação não-verbal, é incrível, acho que o ser humano tem uma capacidade imensa de ter imaginação para fazer de tudo para conseguir a atenção do outro pelo qual sente atração, e então quando os dois sentem mais fabuloso é. Pela minha experiência de viver noutro país com outras culturas, vejo que os latinos, neste caso portugueses, italianos, espanhóis são mais conhecidos por este jogo de sedução, enquanto que os ingleses, e de países nórdicos são mais frios e não se preocupam tanto com isto e avançam mais sem sequer tentar seduzir a mulher.
    É bom estar de volta e neste tempo que vou ter de estar em casa de baixa vou ler o que ficou para trás aqui no blog.
    beijos e continua a escrever :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Ana.

      Esses métodos nórdicos devem ser tudo menos excitantes. As portuguesas nem sabem a sorte que têm.

      Espero que não seja nada de grave. As melhoras.

      Eliminar
    2. Nada, só o tempo daqui que é uma porcaria e faz disto.
      Acredita aqui as mulheres ficam logo loucas quando dizemos que somos portuguesas, perguntam logo como são os portugueses em todo os sentidos, porque eles são charmosos, carinhosos e atraentes. Uma vez uma colega de trabalho disse que somos sortudas por termos na nossa cultura sedutores como os tugas.
      É assim, eu nunca presenciei na primeira pessoa essa sedução por parte de um português mas já vi.

      Eliminar
    3. Eh lá... Torna-se mais convidativo ir para essas bandas. ;)

      Eliminar