sábado, 31 de dezembro de 2016

New Year V



Mais um ano que se passou. 

Cheio de altos e baixos, este conseguiu ser uma verdadeira montanha russa de felicidade e tristeza. Ganharam-se umas batalhas, perderam-se outras mas lutei sempre segundo os meus príncipios, de acordo com a minha vontade e na expetativa de realizar os meus desejos. 

Que nunca seja eu conhecido por fazer menos do que isso.

Feliz Ano Novo!


Fox

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Suit II



Nunca arrisquei tanto com um padrão de tecido num fato...

Mas desde que o Jake Gyllenhaal usou um padrão similar no Demolition, fiquei com a ideia na cabeça. Encontrei este slim fit e gostei da forma como me assenta. 

Agora é tempo de agarrar na linha e na agulha e fazer as bainhas. Depois enfestar o tecido et voilá.


Fox

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Sex IV



A sedução é negra. E mais negros somos nós.

Na claridade de um dia radioso, a luz trespassa o vidro e enche o quarto com vida. Sentas-te na cadeira, de perna cruzada e aguardas pacientemente que eu acorde.

A paciência é a arma dos determinados e a sua recompensa é sorvida com relegado deleite.

À primeira contração da pupila, descruzas  as pernas e permaneces segura e determinada. Queres pedir sem pedir aquilo que já pediste.

Levanto-me, nu e decidido. Não fui eu quem acordou, foi ele. Agarro-te o pescoço com a determinação violenta que me despertas com um olhar. Beijo-te uns lábios quentes e suculentos. Ajoelho-me.

A sedução é negra. E mais negros somos nós.


Fox

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Music everywhere XXVIII


Gojira - Stranded

A growing sickness in the heart
Defective, lack of control
The cure is somewhere in the silence
But I’m crushed by the noise inside 

Don’t lock the door on me
You’d kill me, face down, dead
Another part of me falls for you

Another day in the dark
Stranded in the night, stranded in the cold 

Don’t lock the door on me
You’d kill me, face down, dead
Another point of view gone to waste
Please hear me out!
You kill me, face down, dead
Another day in the dark 

Leave the moment alone


Fox

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Mechanics III



Agora foram as jantes.

Não gostava das antigas e faltava-me o grip com aqueles pneus, por isso com a chegada do inverno seria só uma questão de tempo.

Ainda aproveitei para ver o estado das pastilhas de travão. Para já não preciso de sujar as mãos com o ferodo.


Fox

domingo, 25 de dezembro de 2016

Cookies II


Sempre consegui arranjar algum tempo para me dedicar à pastelaria.

Uma vez mais... Deliciosas.


Fox

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Cookies



Nos últimos dias fui requisitado três vezes para a confeção das minhas giant chocolate cookies. 

Estou a considerar. 

O tempo disponível não é muito e estar agora a desgraçar o índice de massa gorda...

Estou a considerar.


Fox

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Wish VI

Aprilia RSV4 Factory Works FW GP

Estou apaixonado. O que é raro.

"Caro Pai Natal, ela chama-se Aprilia RSV4 Factory Works FW GP e é italiana..."


Fox

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Merry Christmas V


Votos de um Santo e Feliz Natal para vós e todos os vossos.

Espero que seja um período de grande paz e harmonia.

Bem precisamos.


Fox

sábado, 17 de dezembro de 2016

Mechanics II



Isto tem sido uma azafama...

Começou com a mudança de óleo e filtros.

Depois foi a mudança do sensor de pressão da direção hidráulica.

Depois foi a mudança do sensor de temperatura do sistema de refrigeração.

Depois a mudança dos cabos de velas de ignição.

Agora tem de ser a mudança da falange do circuito de refrigeração.

Não fosse eu habilidoso, não sei com quanto já teria contribuído para as oficinas portuguesas.


Fox

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Gym report V




Já vão cinco meses de treino e vários centimetros de aumento. 

51,6kgs de massa muscular.

15,5% de massa gorda.

4 de gordura visceral.

59,6% de água.

Parece-me que o suplemento desportivo me "desgraçou" a massa gorda...


Fox

sábado, 10 de dezembro de 2016

Secret X




Assim vivem muitos, como meros reféns de uma relação que já não desejam. 

Por quê? Por não possuírem a coragem suficiente para dizer basta.

Consequências? Prisioneiros de uma relação que morre a cada dia que passa, acabam também por destruir uma parte deles próprios.

Um dia, nada mais serão que meros invólucros ocos, por não terem tido a coragem de mudar. E nesse dia, será tarde demais para tudo mudar.


Fox


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Sex III



Deitas-te na cama e cerras os olhos.

A escuridão abraça-te e o silêncio sussurra-te ao ouvido.
O teu corpo aquece e a tua mente viaja.

Recordas o toque que te percorria o corpo com a suavidade de uma pena, mesmo antes de te agarrar com a convicção de quem te quer magoar. 

Aquele controlo perfeito que te levava à loucura antes de enlouqueceres. 

Aquele arranhar que te deixava a pele dolorosa e a alma excitada. 

Aquela possessão que te possuía para que te possuísse.


Fox

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

More




Por que razão nos falta sempre algo?

Por mais que consigamos alcançar objetivos na vida, nada nos é suficiente, existe sempre algo mais que desejamos.
Insatisfeitos por natureza, vivemos esta vida em perfeito desarranjo com tudo e com todos, descurando as pequenas coisas que nos rodeiam.

Eu tento. A sério que tento. Procuro valorizar os pormenores. Mas...


Fox

domingo, 4 de dezembro de 2016

Personality



Raramente me dou ao trabalho de verificar este género de aplicações, todavia, o teor de algumas das questões apresentadas deixou-me a pensar e efetuei o teste até ao final. Fiz double-check em ocasiões distintas para procurar incongruências da minha parte e o resultado manteve-se o mesmo. Diria que nem seria preciso explicar qual seria esse resultado, ainda assim, se tiverem dúvidas...

INTJ PERSONALITY (“THE ARCHITECT”)

It’s lonely at the top, and being one of the rarest and most strategically capable personality types, INTJs know this all too well. INTJs form just two percent of the population, and women of this personality type are especially rare, forming just 0.8% of the population – it is often a challenge for them to find like-minded individuals who are able to keep up with their relentless intellectualism and chess-like maneuvering. People with the INTJ personality type are imaginative yet decisive, ambitious yet private, amazingly curious, but they do not squander their energy.


Fox

sábado, 3 de dezembro de 2016

Sexy Rider VI



Kawasaki ZX14

Kiev

Continuo a ficar surpreso com a quantidade de mulheres que vibram com as motas. Oriundas de outros paises, claro está. Parece ser uma realidade proveniente de outra realidade.


Fox

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Quote IV



"Donde no puedas amar no te demores."


Frida Kahlo


Fox

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Good book X





Extremamente interessante.

A análise de big data realizada, constata que mais de 1.000 livros se suportam somente em seis estilos de escrita. Assim, teriamos:

- Do pobre ao rico (ascensão);

- Do rico ao pobre (queda);

- “Homem no buraco” (queda-ascensão);

- Ícaro (ascensão-queda);

- Cinderela (ascensão-queda-ascensão);

- Édipo (queda-ascensão-queda).

Fico sempre maravilhado com a ideia, de que em toda a complexidade existente neste mundo, a simplicidade está sempre presente no seu núcleo.


Fox

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Shame III



Vergonhoso!

Não consigo quantificar o quanto repugnante é ver algo assim. 

As mulheres não foram criadas para serem subjugadas ou tratadas com menos respeito do que aquele que exigimos para nós mesmos. Ultrapassa-me a capacidade de raciocínio, tentar compreender como pode uma Mulher admitir e perpetuar estes tratamentos.

Vergonhoso!

Não consigo quantificar o quanto apetece "ajudar" este senhor a varrer o chão com a própria cabeça.


Fox 

Squat



squat deve ser o exercício mais sensual que uma mulher pode fazer dentro de um ginásio...  


Fox

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Sex II


Sinto falta.

De te encurralar contra a parede. 

De te olhar profundamente nos olhos com o fogo que me consome. 

De te fazer tremer com a minha presença.

De te deixar húmida com o peso da minha respiração.

De te agarrar pelo cabelo com determinação.

Sentes falta.


Fox

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Music everywhere XXVII


Thrice - Black Honey

I keep swinging my hand through a swarm of bees ‘cause I ...
I want honey on my table
I keep swinging my hand through a swarm of bees ‘cause I ...
I want honey on my table

But I never get it right 
no I never get it right

I keep swinging my hand through a swarm of bees
I can’t understand why they’re stinging me
But I’ll do what I want, I’ll do what I please
I’ll do it again till I got what I need

I’ll rip and smash through the hornet’s nest
Don’t they understand I deserve the best
And I’ll do what I want, I’ll do what I please
I’ll do it again till I got what I need

I tried to stick this pin through a butterfly ‘cause I ...
I like all the pretty colors
But it just fell apart so I flung it in the fire 
to burn with all the others

Cause I never get it right
No, I never get it right

I keep swinging my hand through a swarm of bees
I can’t understand why they’re stinging me
But I’ll do what I want, I’ll do what I please
I’ll do it again till I got what I need

I’ll rip and smash through the hornet’s nest
Don’t they understand I deserve the best
And I’ll do what I want, I’ll do what I please
I’ll do it again till I got what I need

And this time I’ll get it right 
yeah this time I’ll get it right
It’s gonna be this time I’ll get it right 
Oh God let it be this time I get it right

So I’m cutting that branch off the cherry tree
I’m singing this will be my victory then I...
I see them coming after me

And they’re following me across the sea
And now they’re stinging my friends and my family and I...
I don’t know why this is happening

But I’ll do what I want, I’ll do what I please
I’ll do it again till I got what I need

I keep swinging my hand through a swarm of bees ‘cause I ...
I want honey on my table


Fox

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Save



Por que razão vivemos a nossa vida sempre na expetativa de alguém nos salvar?

Tenho visto por repetidas vezes, esse desejo inscrito profundamente no coração e na mente daqueles que me rodeiam. 

Aguardam sempre a chegada de alguém que mude tudo...


Fox

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Secret IX





Assim se vive em constante receio, do que este ou aquele pensam, acerca da nossa pessoa ou dos nossos actos. Será isto viver? Ou sobreviver?
Deveremos permitir que as imposições sociais ou familiares condicionem a nossa forma de estar ou de ser?

Sei bem o que é estar no lugar desta senhora. Não pelo casamento em si, uma vez que em todos este anos, somente uma pessoa me poderia fazer casar, e nesse caso, sinceramente nunca tive receio do que os familiares dela pensariam se descobrissem quem sou. 

Ainda assim, no meu seio familiar, sou constantemente censurado pelas tatuagens que possuo e pela paixão que acalento pelas motas. 

A minha reação? Explosiva na confrontação e tenaz na defesa. Só sei ser eu mesmo. E que assim seja até chegar a minha hora, mesmo que esta chegue pela paixão pelas motas. 


Fox

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Ink VIII



Finito!

Foi um longo percurso. Repleto de dor. Toda ela suportada em silêncio. 

Mas compensou todo o minuto de sofrimento quando se tornou numa tela que agora vive em mim. Existia um objetivo e esse foi cumprido. Não poderia nunca deixar de o cumprir. Não agora.

Para todos os que a virem será a marca de um marginal às práticas e costumes da nossa sociedade, para mim, será sempre a história da minha vida. Sou eu, são as minhas vivências, são os meus desafios, são as minhas vitórias e são as minhas derrotas.

É este o meu ser. 

P.S. - A próxima já está escolhida, será somente uma questão de tempo e de coragem para aceitar o desafio de um novo percurso...


Fox

domingo, 13 de novembro de 2016

Error



Como dizer a alguém que quer partir que essa mesma partida será um erro?

Não dizemos.

Devemos respeitar a vontade do outro, por mais que isso nos custe. E como isso custa.


Fox

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Sad



Very.

It hurts to be misunderstood.


Fox

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Sex



O tocar, o arranhar, o marcar... 

Sinto falta daquelas sensações incontroláveis que me explodem no interior, libertando uma fúria possessiva quando sinto o cheiro da pele.

Leva-me nesse caminho escuro e pegajoso que me solta o animal que enclausuro dentro de mim. 

Acorda-o, enfrenta-o e sacia-o.


Fox

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Election



A expressão que me apetecia escrever é bastante usada nos Estados Unidos da América e resume-se somente com três letras, wtf.

Quando pensamos que as pessoas conseguem ser inteligentes e escolher o menor de dois males, elas surpreendem tudo e todos, escolhendo justamente o maior. Não que a outra facção fosse tanto melhor, mas pelo menos não seria tão instável. 

Tão imprevisível. Tão colérica. Tão egocêntrica.

Há 83 anos atrás, criou-se um vazio politico num país europeu, facilitando o aparecimento e ascensão de um ser inteligente e um comunicador brilhante. O povo seguia-o por todo o lado com ardor e desalmada vontade de acreditar num credo de poder e unidade. Seis anos depois, abriam-se as portas do inferno.

Sinto que no presente momento nos encontramos numa situação ainda mais problemática. Não estamos perante um comunicador brilhante, nem tão pouco um individuo de elevado índice intelectual, estamos perante um ser que não esconde o que é, sendo isso tão pouco.

Hoje estou triste. Muito triste pela escolha efetuada pelo povo de uma das maiores potências do mundo. Triste pelo hipotético futuro da humanidade.

Resta-me acompanhar a construção da história e ir engraxando as minhas velhas botas do exército...


Fox

Beard V



Chamaram-me a atenção para este artigo. Parece que afinal, as barbas tornam o homem bem mais apelativo...


Fox

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Shiuuuu.Friend Love V



Ao procurar por uns e-mails, acabei por tropeçar na pasta onde guardei as mensagens trocadas com as mulheres que conheci através da campanha promovida pelo Shiuuuu. 

Soube bem recordar aquela época. Aquelas pessoas. Aqueles momentos. Aquelas conversas.

As pessoas passam pela nossa vida, e independentemente da sua presença ser mais ou menos duradoura, deixam sempre algo. Uma impressão, um conselho, uma lição...

Pergunto-me se terão encontrado o seu rumo e se serão felizes. Espero que sim.

Para quando uma nova versão da campanha? Seria interessante.


Fox

domingo, 6 de novembro de 2016

Secret VIII




Por vezes gostava de ser usado. Sem questões ou explicações. Apenas pela experiência.

Mas será que nesse instante seria usado ou usaria? É correto afirmar um ou outro?


Fox

sábado, 5 de novembro de 2016

Ticket



Não sei quando é que me quebrei ou se sempre fui assim, mas quando penso no sexo... Reverto aos princípios mais animalescos e isso não é dizer pouco acerca de mim.

Existem os fofinhos. Existem os calmos. Existem os nervosos. Existem os românticos. Existem os stressados. Existem os inexperientes. Existem os contorcionistas. Existem os imaginativos. Depois existem os animais.

Estes deixam marca onde colocam a mão. Nem todas conseguem lidar com estes, o que torna tudo muito mais complicado.

Esta força motriz que se desperta e acumula dentro de mim torna as coisas mais difíceis de controlar. Tento não pensar em nada, deixando o tempo passar e acalmar-me a mente, mas deve ser pior. O corpo clama por libertação.

Tudo isto podia ser mais simples. Devia ser mais simples.

Aquelas que o conseguem, podiam tirar senhas e simplesmente chegar e dizer "é a minha vez"...


Fox

Gym report IV


Quatro meses de treino e um incremento de 1,5kgs de massa muscular.

51,4kgs de massa muscular.

14,4% de massa gorda.

60,1% de água.

As principais alterações ocorreram no dorsal.


Fox

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Exam




"Dispa a roupa toda até à cintura e deite-se na marquesa, se fizer o favor."

O que pensarão os profissionais de saúde quando pedem a um homem de estilo clássico para despir a roupa e ele surge com grande parte do corpo tatuado?

Terão receio? Apreciarão a arte? Ou simplesmente nem se apercebem?


Fox


segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Secret VII





Por que razão as pessoas não possuem a coragem necessária para fazerem aquilo que sentem que as faria felizes?


Fox

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Crossroad



"Como podemos distinguir quem cruza o nosso caminho por cruzar, daqueles que realmente devem ficar?" 

Em conversa com a A. acabou por surgir esta questão. Penso que seja uma daquelas questões que todas as pessoas fazem a si mesmas, pelo menos uma vez na vida.

Quanto a mim, uma vez que acredito que todos temos um percurso delineado, creio que tudo se desenrole segundo os desígnios do Destino. Sim, sou um desses. Acredito na ordem e na organização, portanto, seria somente lógico que também procurasse uma arquitetura nos desígnios da vida.

Desta forma, não perco muito tempo a considerar por que razão é que as pessoas ficam ou partem da minha vida. Acredito que aqueles que sejam suficientemente importantes para o desenrolar do meu caminho irão ficar, quer eu me esforce muito ou pouco, para que tal aconteça.

E quanto a vocês? Como distinguem estas pessoas?


Fox

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

ECG



Um exame de rotina apresenta uma ligeira alteração, aparentemente comum nesta faixa etária, e imediatamente começa-se a sentir a preocupação dos outros, dissimulada por piadas sem graça. As pessoas apegam-se tanto ao que estão habituadas a ter que até se esquecem que tudo nesta vida é efémero.

Não gosto que se preocupem comigo mas nunca o consigo explicar eficientemente a terceiros.


Fox

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Secret VI



Por que razão, o humano trai (sexualmente) a confiança daquele com quem decidiu a dado instante, partilhar a sua vida?


Fox

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Dirty City VI




Ainda sobre o corpo bastante maltratado do rufia, Kurt observa, sem nada em particular ver, as suas mãos pintadas de vermelho. Não se mexe um milímetro, parece perdido numa qualquer contemplação que ninguém entenderia. Uma mão trémula e ensanguentada deposita-se sobre o seu ombro, numa tentativa de o fazer acordar desta letargia em que se encontra.

- Senhor, pare por favor. Acho que já chega. – Diz uma mulher entre lágrimas.

- O quê? – Pergunta rudemente Kurt sem tirar os olhos das suas mãos vermelhas.

- O homem. Acho que já não se levanta mais.

Kurt ergue a cabeça para a mulher que o observava com olhos pesados de choro e a cara bastante inchada. Tem o olho esquerdo fechado e bastantes cortes na bochecha direita. Ainda não lhe havia visto a face, no meio da chuva tudo lhe parecia toldado. Ao vê-la, o seu olhar rapidamente assume uma expressão de repúdio, um quase ódio palpável. Ergue-se do chão e afasta-se do corpo imóvel coberto de sangue. Mas não antes de disferir um forte pontapé na cara do outro rufia ainda inconsciente no chão. Caminha pesadamente em direção à rua enquanto procura pelo casaco que largou junto dos caixotes de lixo na entrada do beco. Veste-o e encaminha-se para casa resmungando para consigo mesmo.

- Estúpido! Devias aprender a estar quieto! – Diz a si mesmo entre dentes.

- Espere. – Grita a mulher.

De Kurt não obtém resposta, nem sequer vê o seu passo ser abrandado. Simplesmente é ignorada. Sem desistir, tenta acelerar o andamento na ânsia de conseguir apanhar Kurt. Agarra-lhe por fim numa manga do casaco, pedindo novamente para esperar.

- Senhor, queria agradecer por… - Diz quase sem fôlego.

- Larga-me, preta! – Responde agressivamente Kurt com um ódio flamejante nos olhos.

A mulher fica especada no mesmo sítio como se enraizada no negro cimento do pavimento. De braços caídos, observa o desconhecido que a acaba de salvar, repudia-la pela sua cor de pele. Sente-se suja, quebrada, magoada. Não sabe o que lhe terá doido mais, se a agressão física ou a verbal. A chuva cai-lhe sobre a cara onde se mistura com as lágrimas que saem dos seus enormes olhos verdes. A sua roupa agora feita em farrapos expõe à luz do candeeiro a sua pele mestiça.


Fox

domingo, 23 de outubro de 2016

Music everywhere XXVI


All That Remains - Criticism and Self-Realization

One by one, they stand single file
To see the king of the hill atop his worthless pile
The king has no clothes
Throw stones
Watch him implode
All for one or are we all alone

Brick by brick, it's a house built on lies
Because illusion is easy to young adoring eyes
It's not hard to see
Through deceit
Make them believe
Fight the stampede, be the one to lead

All my missteps, I retrace
Every failure, I'll erase
My pride is gone
I find the strength to carry on
Looking back, what's left of me
Am I the person that I wanna be
Do I belong
I find the strength to carry on

Rung by rung, he's climbed up to the top
But once the engine is running, it's hard to make it stop
Ignore what you're told
Eyes closed
Dig from below
Don't care where you're from, just where you go

Step by step, we're ignoring the signs
That cocky bastard is planting the seeds of his demise
There's nothing to gain
Only shame
We fan the flames
Fight through the pain, live another day
Just one more day

All my missteps, I retrace
Every failure, I'll erase
My pride is gone
I find the strength to carry on
Looking back, what's left of me
Am I the person that I wanna be
Do I belong
Do I belong

Writing’s on the wall
That Cheshire smile says you don't have the courage to take the fall
You're not fooling anyone
You're no one

All my missteps, I retrace
Every failure, I'll erase
My pride is gone
I find the strength to carry on
Looking back, what's left of me
Am I the person that I wanna be
Do I belong
Do I belong



Fox

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Lack




Sinto falta do que não sinto falta.

Sei que não preciso de nada, pois tenho tudo em mim.

Mas

Sinto falta do que não sinto falta.


Fox

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Door




Quando paro e olho para trás, vejo muitas portas abertas. Portas por onde passei.

Quando paro e olho em frente, vejo muitas portas fechadas. Portas por onde vou passar.

Nenhuma possui cor mas dizem que podemos ter a felicidade de encontrar uma que tem uma cor garrida.

É essa que quero abrir. Trago a chave comigo. Sempre a tive.


Fox

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Burn



Por vezes até nem dá grande jeito ser habilidoso em trabalhos manuais...

Mas eu gosto. 

Adoro colocar as mãos em tarefas mundanas e solucionar problemas. Desta vez, trocar um sensor avariado no automóvel resultou numa queimadura em três dedos e imensa pele a querer sair da mão.

Como se a minha vida já não estivesse suficientemente complicada no presente momento.

Ah, mas troquei o sensor!


Fox

Sunrise




Nunca fui muito de pensar no dia de amanhã.

Na elaboração de grandes planos, entenda-se. 

Sempre preferi viver o meu dia-a-dia, cometendo as loucuras que me sabem bem, mesmo que isso implique ser mais ousado do que seria suposto. Agora dou por mim desfasado com o estereótipo social e não me sinto mal, antes pelo contrário, sinto-me fiel a mim mesmo. Não sou refém de nenhum ideal ou plano elaborado há x anos atrás, sou apenas eu. 

Irreverente, radical e incontrolável mas puro.

E vocês? Delinearam algum plano? Seguem-no?


Fox 

domingo, 16 de outubro de 2016

Music everywhere XXV


Caliban - Cries And Whispers

Cries and whispers - Peace and twisters

I still remember the time of hope and fear
The time we had before all turned into tears
(I'm) embraced by darkness - I can't see the light,
I know she's dead - swallowed by the deepest night

I can't feel my aching heart 
Everything has fallen apart
Your voice still sounds in my head
Speak the words you've never said

Cries and whispers - Peace and twisters

All dead and gone, but who is to blame?
Right from the start we choke the flame
We set the course straight to hell,
From a lightning storm into a heavy swell

I can't feel my aching heart 
Everything has fallen apart
Your voice still sounds in my head
Speak the words you've never said

Mend my broken heart when everything has fallen apart

Beyond the horizon - after all is said and done
I walk alone towards the midnight sun
The path ascends - no end in sight
Where do we go from here - I still search for light

I can't feel my aching heart 
Everything has fallen apart
Your voice still sounds in my head
Speak the words you've never said


Fox

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Chain


Todos nós já erramos na vida e desses momentos mais infelizes, assimilamos conhecimento que usamos para impedir novos erros. Trata-se de uma lei natural no humano que lhe permite um desenvolvimento exponencial ao longo da vida.

Desse conhecimento acumulado, partilhamos aquilo que podemos em auxílio a terceiros. Um gesto puro e inocente que visa somente o impedimento de erros que já nos são familiares. Mas não o aceitam.

Preferem estar junto ao precipício e dar um passo para o desconhecido. Depois de desaparecerem no fino ar, vemos uma enorme corrente de ferro ser puxada descontroladamente. Na sua extremidade está presa a nossa perna.

Platão aferiu que "o homem inteligente aprende com os seus próprios sofrimentos; O homem sábio aprende com os sofrimentos alheios."

Serão assim tão poucos, os sábios entre nós?


Fox

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Dark




Ando a comer mais do que o costume. Já sei o que isso significa.

Damn!


Fox

terça-feira, 11 de outubro de 2016

House



A mensagem chegou mas tive de a ler duas ou três vezes para a conseguir assimilar. Trazia aquele género de informação que nunca esperamos ler. Quer dizer, esperamos, pois é perfeitamente possível mas muito pouco provável. 

Pois é, parece que finalmente o C. se rendeu às investidas da namorada (ainda resistiu uns anos) e aceitou ir viver com ela.

A surpresa! O choque! O terror!

Sabia que as investidas se tinham tornado cíclicas nos últimos tempos mas não esperava que ele cedesse. Penso que a idade o está a amolecer ou então encontrou quem lhe toca bem fundo no coração e apenas o esconde. Bem, independentemente do que seja, faz parte da vida.

Fico muito feliz por ele, claro, adoro sentir e saber que os meus amigos se sentem realizados.

mas

Fico muito triste por mim, claro, detesto sentir e saber que eu não me sinto realizado.


Fox

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Dirty City V




Frio espalha-se pelo seu estômago, calor sobe-lhe pelos membros, os olhos ficam vítreos, a mente rapidamente fica turva e negra. Ele sente o que aí vem e já sabe que não será bonito. Nunca o é. Abre o fecho do casaco e atira-o para cima de uns caixotes de lixo. Não precisa de se proteger do frio e muita roupa atrapalha o que aí vem. Caminha calma e decididamente em direção aos dois indivíduos, escutando a cacofonia de gritos que ecoam pelo beco e os sons de roupa a ser rasgada. Estalam-lhe a mente como se fosse feita de vidro. Ele só quer que pare.

Entretidos na sua ocupação, os dois rufias não se apercebem da sua presença até já estar sobre o pescoço do primeiro. Agarrando-o num poderoso movimento de mata-leão, afastou-o de perto da mulher que se debatia debilmente com mãos e pernas perante os seus agressores. O movimento causou espanto em ambos, que não haviam dado pela sua chegada.

- Grrrrr. Mas… Larga-me! – Grita desesperado, já a sentir o ar a escassear.

- Ei! Larga-o. Também queres um pouco disto é? Junta-te a nós. Ela chega para todos. – Diz o mais pequeno dos dois com um sinistro sorriso na cara.

Os olhos de Kurt estão escuros, vítreos e focados no rufia que se mantém na sua frente, enquanto aperta inexoravelmente o pescoço daquele que se encontra capturado na sua chave de braços. O seu rosto não exprime qualquer emoção. Debatendo-se contra o aperto que lhe rouba o ar dos pulmões, tenta em vão arranhar os braços de Kurt que não cedem um milímetro. A falta de oxigénio no cérebro leva-o a ficar rapidamente inconsciente e é atirado para o chão. Vendo a aflição do colega, o segundo rufia corre para Kurt com uma faca em riste e pronto a atacar, mas é recebido com um forte pontapé em pleno peito que o atira ao chão. Kurt afasta faça para longe com um pontapé. Sente a adrenalina a aumentar cada vez mais e salta sobre o rufia caído no chão disferindo soco atrás de soco, até a cara não parecer mais do que um enorme borrão escarlate.


Fox

domingo, 9 de outubro de 2016

Focus



Será que o peso, positivo ou negativo, agregado aos acontecimentos que nos envolvem é influenciado pelo foco que lhe atribuímos? Poderá a nossa vontade em conseguir atingir determinado fim condicionar o resultado de uma ação, caso perturbe a sua resolução? Ou se se relativizar algo, não lhe colocando qualquer pressão, o seu desenlace será mais natural? Não estaremos apenas a demonstrar que não nos interessamos com o resultado?


Fox

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Spin



A vida corre em frente, numa linha ininterrupta de momentos que se marcam e nos marcam eternamente. Mas por vezes, também gira. Sim, a vida gosta de girar.

Vamos fazendo planos, mais ou menos elaborados, que se prendem a desejos e a intenções que acalentamos. Contamos com a sua concretização, pois é sempre nosso desejo, perpetuar o fluxo que nos impulsiona e acende a chama da vida. Mas a vida gosta de girar.

Roda e roda nos seus próprios eixos, deixando o indivíduo inesperadamente baralhado com o amanhã. Sem saber o que fazer ou pensar, fica refém do peso da desilusão. 

Se for forte, combate, se for fraco, derrota-se.


Fox