sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Chain


Todos nós já erramos na vida e desses momentos mais infelizes, assimilamos conhecimento que usamos para impedir novos erros. Trata-se de uma lei natural no humano que lhe permite um desenvolvimento exponencial ao longo da vida.

Desse conhecimento acumulado, partilhamos aquilo que podemos em auxílio a terceiros. Um gesto puro e inocente que visa somente o impedimento de erros que já nos são familiares. Mas não o aceitam.

Preferem estar junto ao precipício e dar um passo para o desconhecido. Depois de desaparecerem no fino ar, vemos uma enorme corrente de ferro ser puxada descontroladamente. Na sua extremidade está presa a nossa perna.

Platão aferiu que "o homem inteligente aprende com os seus próprios sofrimentos; O homem sábio aprende com os sofrimentos alheios."

Serão assim tão poucos, os sábios entre nós?


Fox

10 comentários:

  1. Às vezes, há lições que temos mesmo de aprender por nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será teimosia ou arrogância, quando se pensa que por ser a nossa pessoa, o resultado será diferente?

      Eliminar
    2. Não é teimosia nem arrogância. Não sejas tu tão arrogante e crítico.

      Eliminar
    3. Não é?
      Se te avisarem que certo comportamento irá resultar em determinado estado e ainda assim insistes no mesmo, isso faz de ti o quê?

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Certo. ;)
      Então, segundo esse raciocínio, uma vez que o humano é certo por ter defeitos, de nada adianta procurar evoluir?

      Eliminar
    2. Cada humano evoluirá à sua maneira, segundo os seus erros e o que aprenda deles. Também podemos, e devemos, aprender com os outros. Mas, volto ao que disse inicialmente: há cabeçadas que temos mesmo de ser nós a dar...

      Eliminar
    3. Mas não achas que é uma evolução inferior ao que realmente poderia ser? Não será justamente a esse ponto que Platão pretendia chegar através do seu raciocínio?

      Eliminar
    4. Que Platão me perdoe, mas tu nunca poderás aprender da mesma maneira por observação e por experiência própria.

      Eliminar
    5. Não sei se ele te consegue perdoar mas compreendo o que pretendes dizer.

      Eliminar