terça-feira, 25 de outubro de 2016

Secret VI



Por que razão, o humano trai (sexualmente) a confiança daquele com quem decidiu a dado instante, partilhar a sua vida?


Fox

33 comentários:

  1. Ora aí está uma boa pergunta... A maior parte das pessoas que o faz, não sabe responder a essa questão. Acho que, acima de tudo, as pessoas são egoístas e só se preocupam consigo e com o prazer imediato.

    (e não acho que isto se aplique apenas a traições sexuais)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Traem por egoísmo? Pela procura por satisfação própria?

      Eliminar
    2. Acho que sim. Não pensam no médio prazo. Não sei. Sou apenas eu a especular. Acho que não há uma reposta só a isso. Depende muito. Será que o fazem para se vingar quando estão em relações infelizes? Ou será que se estão mesmo a borrifar? Não sei.

      EU já o fiz, uma vez apenas, quando tinha 18 anos. Tinha namorado e envolvi-me com outra pessoa. É das poucas coisas de que me arrependo na vida e serviu-me de lição. Se me perguntares por que o fiz, posso dar-te várias razões. Mas nenhuma que eu considere válida, porque é algo que, para mim, é sempre injustificável.

      Eliminar
    3. Mas a satisfação própria não reside na pessoa que está ao lado? Basta estender a mão...
      Penso que será bem mais do que isso. Talvez por vingança, aborrecimento, infelicidade. Acima de tudo penso que o problema seja por não terem a capacidade de encarar que existem problemas e que a resolução pode ser a separação. O que não faltam por aí são cobardes.

      Se o fizeste, tiveste os teus motivos, ainda que agora pareçam diminutos. Aconteceu e faz parte do passado, serviu-te de lição e essa é a parte a valorizar.

      Eliminar
    4. Eventualmente, deixou de satisfazer, por muitos e variados possíveis motivos.
      Cada caso é um caso. Não tenhas pressa em julgar!...

      Eliminar
    5. Obviamente que sim, nem estou a julgar ninguém. Escrevi numa perspetiva de alcance geral.
      A intenção foi apenas de abordar o que julgo ser repetido pela sociedade fora, relações que se perpetuam por comodismo.

      Eliminar
    6. Falaste em "cobardes". E nem sempre quem o faz é cobarde.

      Sim, por comodismo e, como referi inicialmente, por egoísmo...

      Eliminar
    7. O comodismo numa relação sem futuro não é o comportamento típico de um covarde? Sem vontade ou capacidade para agitar as águas e mudar tudo.

      Eliminar
    8. Sem "capacidade". Capacidade é a palavra chave.

      Eliminar
    9. Pensas que sim? Somente a "capacidade"?

      Eliminar
    10. Podíamos estar horas nisto...

      Já se sabe que há mil motivos e mil razões mas... Em alguns casos específicos, a falta de capacidade para sair de uma relação sem futuro pode ser o motivo que explica a traição. E falo de capacidade física, emocional, financeira... É algo demasiado vasto para ser reduzido aqui em duas ou três linhas.

      Nem todos fomos "formatados" para sermos fortes e seguros, e para lutarmos pelo melhor para nós. Alguns fomos "formatados" para nos acomodarmos e vivermos segundo normas e padrões. Outros ainda são "formatados" para se sujeitarem à vida e à vontade dos outros.

      Eliminar
    11. Mas não deveríamos ser mais fortes e resolver o problema como tem de ser resolvido? É que não entendo como é que o sexo pode trazer clarividência.

      Eliminar
    12. Nem todas as pessoas são fortes, Fox. Não julgues os outros por aquilo que tu és. O sexo pode não trazer clarividência mas pode trazer tantas outras coisas...

      Eliminar
    13. Certo, tens razão. Caio muitas vezes nesse erro. Avalio os outros por aquilo que eu faço.
      Não esperava essa frase... Pensas que traga algo de benéfico a alguém numa situação assim?

      Eliminar
    14. A quem trai? Pode trazer o conforto, o afecto, a atenção, a paixão, e tantas outras coisas, que quem tem ao lado não lhe dá...

      Eliminar
    15. Disposto dessa forma até se consegue mascarar a traição de algo lógico e legítimo.

      Eliminar
    16. Deve ser por isso que tanta gente o faz... Conseguem que, realmente, faça sentido nas suas cabeças.

      A mente humana é incrível!

      Eliminar
    17. Não tenho dúvidas que o consigam. Até devem assumir uma posição de vitimas das circunstâncias.
      Fico ainda mais receoso com esta exposição, Agridoce. Cada vez mais se torna difícil de confiar.

      Eliminar
    18. Não há muito a fazer... É acreditar. É confiar. Ou viver bloqueado pelo medo, como alguns.

      Eliminar
    19. Não te sei dizer qual será a melhor posição a tomar.

      Eliminar
    20. Custa-me a crer que não saibas.

      Eliminar
    21. Ambas as posições podem trazer sofrimento...

      Eliminar
  2. Não sei...poderá já não estar satisfeito e querer mais. Mas para isso acaba uma relação e faz o que quer da vida.. parece egoísmo puro, só pensar nele próprio...Para além de trair a outra pessoa, ainda faz que outra invada o espaço da primeira..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora nem mais. Se o que temos não nos satisfaz, procuramos substituto. Fazemos isso com tudo o que possuímos ou utilizamos, não é? Então por que razão fazer diferente quando se tratam de pessoas? Devíamos deixa-las livres para serem felizes sem as massacrar com algo que as pode perseguir toda a vida.
      Custa-me imenso a assimilar este conceito da traição.

      Eliminar
    2. É a mania da posse, assim tem duas e olha na mesma cama até! A mim também me custa entender isso...

      Eliminar
    3. Ninguém é dono de ninguém. Devíamos ter mais respeito por nós mesmos e não admitir certas situações.

      Eliminar
    4. Eu concordo contigo, só que parece que há quem não entenda isso.

      Eliminar
  3. Pergunto-me isso todos os dias...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os dias? Deve existir algum acontecimento pesado no teu passado...

      Eliminar
  4. Passado não, presente... pois "perdoei" quem me traiu fisicamente e emocionalmente... muitos anos juntos, filhos, um casamento, uma vida... mas continuo sem entender porquê? E isso mata-me por dentro... mata-me pk não houveram motivos... apenas os dele, pessoais, egoístas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento imenso conhecer essa história. Deve custar imenso tomar contato com essa realidade e suportar o impacto.
      Algumas pessoas não mereciam aquilo que construíram, uma vez que as desonram com comportamentos desses.

      Eliminar
  5. É uma coisa difícil de explicar mas a dor é imensa... acredito em segundas oportunidades, mas não acredito na traição... acredito no arrependimento, mas não aceito o desrespeito... detesto pessoas egoístas mas amo-o pelas outras características... o q escolher? q caminho seguir?...
    é complicado...

    Não gosto de falhar nem desistir... mas nestes casos todos desistem... hoje em dia é mais difícil ficar que sair e largar tudo... antigamente o divorcio era uma vergonha, hoje em dia é a resposta pra tudo...

    Ainda é tudo muito confuso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho palavras para te ajudar a entender algo assim. Estou certo que tiveste as tuas razões para o perdoar.
      Lamento imenso o sucedido. Força.

      Eliminar