quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Sex



O tocar, o arranhar, o marcar... 

Sinto falta daquelas sensações incontroláveis que me explodem no interior, libertando uma fúria possessiva quando sinto o cheiro da pele.

Leva-me nesse caminho escuro e pegajoso que me solta o animal que enclausuro dentro de mim. 

Acorda-o, enfrenta-o e sacia-o.


Fox

7 comentários:

  1. Gosto da intensidade de que escreves, tanto no sexo como no amor e na vida, devem ser vividos assim... intensamente! Só isso dá sentido à vida!

    L.

    p.s. posso perguntar-te o signo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. Penso que andamos por aqui justamente para isso, aproveitar o sopro de vida que nos foi atribuído.

      Sou Balança.

      Sê bem vinda, L. ;)

      Eliminar
  2. É cruel reprimires o animal que habita em ti!...
    Liberta-o, Fox. Deixa-o à solta, deixa-o fazer estragos...;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está enclausurado. Há bastante tempo.

      Eliminar
    2. Pk o enclausuras-te?

      L.

      Eliminar
    3. Alguém o trancou com a sua chave.

      Eliminar