segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Shame III



Vergonhoso!

Não consigo quantificar o quanto repugnante é ver algo assim. 

As mulheres não foram criadas para serem subjugadas ou tratadas com menos respeito do que aquele que exigimos para nós mesmos. Ultrapassa-me a capacidade de raciocínio, tentar compreender como pode uma Mulher admitir e perpetuar estes tratamentos.

Vergonhoso!

Não consigo quantificar o quanto apetece "ajudar" este senhor a varrer o chão com a própria cabeça.


Fox 

7 comentários:

  1. estou completamente de acordo contigo.
    é inadmissivel e inhumano tal comportamento..

    mas por vezes "elas tb tem culpa".. a 1°vez sao vitimas, a2°vez foi uma 2°chance que deram... mas a partir da 3°vez pq ainda estao com a pessoa que tanto lhes faz mal??

    certo nao conheço a vida delas ou as razoes delas, mas por vezes é preciso ser forte/ter fibra e confiança em si (coisa que certas mulheres nao têm) para dizer basta e deixar o que tanto nos faz mal!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que a questão reside aí mesmo, na fibra... Estes "heróis" quebram psicologicamente a mulher e deixam-na sem ação.
      Caso contrário, aquela senhora poderia ter entendido que o seu sapato alto faria milagres ao joelho do senhor...

      Eliminar
    2. talvez tenhas razao... melhor tens razao.. uma pessoa que se encontre nessa situçao é certo que psicologicamente ja foi "quebrada"..

      mas existe... nao.. é melhor ficar por aqui porque isto é um tema que da pano para mangas!! :)

      mais vale dzr que cada pessoa se encontra numa situaçao diferente.. "nos" nao a podemos julgar sem antes saber por o k ela passou!

      Eliminar
    3. Sim, sem dúvida. "Quem está no convento é que sabe o que lhe vai dentro."
      Ainda assim, nada justifica a violência.

      Eliminar
  2. A violência doméstica é um flagelo à escala mundial. Só no nosso país, os números são avassaladores!
    Não podemos ignorar, porém, que se trata de um crime muito complexo, que "bebe" de inúmeros factores pessoais, familiares, sociais. Tanto por parte da vítima, como do agressor. Presente em todos os estratos sociais. Aplicada de formas tão diversas quanto física, verbal, psicológica, sob mulheres, mas também sob homens, crianças e idosos.
    É redutor e leviano tentar comentar algo assim. Mais simples será agir, não esquecendo que se trata de um crime público, logo, passível de ser denunciado por qualquer um de nós.
    O pior crime é mesmo a indiferença...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certo. Mas uma coisa é saber que o flagelo acontece, outra é ver o acontecimento "in loco".

      Eliminar
    2. VER tem sempre mais impacto, é verdade.
      "Olhos que não vêem, coração que não sente."

      Eliminar