quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Bond


Zygmunt Bauman

Laços humanos, redes sociais, liberdade e segurança

Para mim, um dos mais fabulosos autores no domínio da sociologia. Os assuntos que aborda de forma tão simples são por demais presentes neste momento que agora vivemos. 

Torna-se crucial relembrar as profundas alterações que os novos media nos trazem.


Fox 

11 comentários:

  1. Esta é uma discussão cada vez mais recorrente no mundo da comunicação e do digital: o que perdemos com esta nova era? e o que ganhamos? que limites queremos definir entre o que nos é útil, e o que limita a nossa liberdade? No Web Summit falou-se muito disso...

    Gostei, sobretudo, da parte em que ele diz que no online é muito fácil desligar e deixar de falar com as pessoas. Basta não responder.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recorrente e preocupante.
      Assisto horrorizado enquanto nos afastamos uns dos outros, justamente na época onde mais ferramentas de interação social estão ao nosso alcance.

      As pessoas estão a perder a fibra necessária para interagirem pessoalmente. Respiram na realidade e vivem no virtual. Entre estes dois mundos perdem experiências essenciais a qualquer humano.

      Eliminar
    2. Não acho que as pessoas se devam cingir ao virtual mas, obviamente, vejo muitas vantagens no virtual/digital, e já me trouxe muito boa gente à minha vida.

      Eliminar
    3. Sim, claro. Quem souber discernir o potencial de ambos os mundos e os conjugar em simbiose, será perfeito. Mas isso implica saber traçar limites de presença em ambos...

      Quantos casais já vi eu no bar, calados e de olhar enfiado nos interfaces.

      Eliminar
    4. A questão é mesmo essa: saber conjugar e aproveitar o melhor dos dois mundos. O digital pode enriquecer, e muito, a tua vida. Permite-te conhecer coisas novas, acesso a informação, transposição de barreiras físicas, etc. É só não deixar que a vida real seja anulada pelo digital.

      Eliminar
    5. A questão é ter dois dedos de testa. Grande problema para a maioria.

      O digital veio revolucionar profundamente a nossa sociedade. A forma como comunicamos, trabalhamos, socializamos, no fundo, como vivemos. Temos de saber aproveitar todo este potencial mas com consciência.

      Eliminar
    6. Oi? Já não posso expressar livremente a minha opinião? Nem no meu próprio espaço? ;)
      Cada um vê o que quer ver e dá-lhe o nome que entende. Eu procuro ver as coisas como elas são e chamar os "bois pelos seus nomes".

      Eliminar
  2. estou completamente de acordo com este senhor!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto é um estudioso brilhante. Os seus conceitos são muito interessantes e auxiliam imenso ao entendimento de muitos dos fenómenos que nos rodeiam.

      Eliminar