sábado, 15 de julho de 2017

Possession


Existe algo nas relações amorosas que me tira completamente do sério. A posse.

Normalmente, qualquer mulher aproxima-se tímida e insegura, sondando gentilmente o território que mais tarde procurará vir a dominar. Se o homem não tiver um H e não souber colocar os limites no devido sitio, acaba castrado no seu raio de operação. 

Será caso para se ver um leão transformar-se num gato. Foi o que aconteceu.

O C. era um sacana de um Leão. Fazia tudo ao seu bel-prazer e não havia quem o dominasse. Até um belo dia em que a sua atual companheira foi chegando devagar e conquistando o território. Agora passam-se semanas sem que ele cumpra os "rituais" que possuíamos há vários anos...

Já lhe disse que as mulheres vêm e vão mas os amigos ficam. Quando são estimados, claro.


Fox

4 comentários:

  1. Olha o meu hoje está no passeio enquanto eu estou a trabalhar.
    Gosto da "posse", mas sei até onde posso "exercer" isso. Ele tem direito a fazer o que quiser, não o proibo de nada, nem seria uma relação saudável se o fizesse.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem todas as mulheres conseguem entender isso e acabam por ver os amigos do companheiro como ameaças ao seu domínio.

      Eliminar
    2. Com os amigos não há problemas, agora se forem amigas talvez :D

      Eliminar
    3. Eu diria que há problemas nos dois casos. O comportamento possessivo dela está a criar celeuma entre nós todos. E na realidade, nós já "cá" estávamos muitos anos antes dela "existir".

      Eliminar