quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Dance



A noite está serena e estrelada. Sente-se no ar uma suave brisa de verão que entusiasma os sentidos e preenche a alma.

Na mesa, repousam ainda os indícios de um jantar íntimo, descontraído e feliz. As velas ainda ardem, emprestando ao ambiente uma iluminação ténue e bruxuleante. Por todo o espaço da casa propaga-se o som das baladas de ritmo latino e a expressividade da lírica repleta de sensualidade.

Lá fora, na varanda, ouvem-se risos e trocam-se olhares. Algures no fundo destes olhos que se cruzam, ardem chamas invisíveis que unem dois corpos. Ele estende a mão para ela e pede-lhe uma dança, sorrindo com o encanto singelo que possui. Ela acede ao pedido, sentindo-se verdadeiramente encantada. 

Encaminham-se para a sala onde o som contagia e liberta os seus corpos. Ele puxa-a a si e envolve-a no seu abraço. Ficam apenas à distância de um sopro. Ele murmura umas palavras e entrega-se ao ritmo que o som lhe desperta no corpo. Ela deixa-se levar de olhos fechados e sorriso aberto. 

O seu vestido rodopia e esvoaça num torvelinho de cor. De pés descalços, calcorreiam com graciosidade todo o espaço que têm disponível. Os olhos ardem de emoção e os sorrisos expressam a felicidade que a alma sente. Entregam-se um ao outro, confiando cegamente na naturalidade dos gestos com que se movem. A sensualidade e atração com que os seus corpos se mexem é luxuriante. 

A música finda e os seus corpos abrandam o movimento. Transpirados, quentes e inebriados, abraçam-se de forma sentida. Ele olha-a nos olhos e diz-lhe tudo o que sente. Ela vê e compreende. 

Não são precisas palavras, os corpos já disseram tudo.


Fox

2 comentários:

  1. este texto faz me lembrar um frase que um dia li... era algo estilo..
    "Dança, dança como se não existesse o amanha, dança e deixa o teu corpo falar, pois ele explica melhor que mil palavras!"
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh se explica...
      Para um olhar treinado consegue dizer muito.

      Eliminar